QUEM É JESUS? | Paulus Editora

O Domingo
QUEM É JESUS?

Indicar a um amigo:





A pergunta de Jesus aos discípulos se dirige a nós hoje: “E vocês, quem dizem que eu sou?” Pedro responde corretamente, proclamando sua fé em Jesus como o Messias. A questão, porém, é o que Pedro entendia por Messias. Todo o Evangelho de Marcos, aliás, mostra como os discípulos tiveram dificuldade para compreender a vida e a missão de Jesus. Pedro repreende Jesus, porque considerava impossível que o Messias sofresse a ponto de ser rejeitado, condenado e morto. Afinal, os judeus esperavam o Messias que viria com o poder de Deus para tomar o poder dos romanos e restabelecer, à força, o Reino de Israel.

Jesus repreende Pedro, convidando-o a se pôr no devido lugar: o do discípulo que segue o Mestre e aprende, ao invés de querer estar adiante e fazer de Jesus a resposta para seus próprios anseios triunfalistas. Seguir Jesus, em vez de ser adversário (satanás), é assumir com ele a missão de doar a própria vida, de entregar-se até as últimas consequências, perdendo a vida para salvá-la. Carregar a própria cruz, portanto, é vencer o egoísmo para seguir o Mestre que carrega a cruz, a fim de que nosso compromisso e sofrimento, como os de Jesus, aliviem o sofrimento de outros.

A incompreensão dos discípulos de então é algo atual, quando pensamos como é fácil cair na tentação de moldar Jesus segundo os próprios interesses, buscando uma religião de espetáculos e aparências, ao passo que a cruz do Mestre nos fala de rejeição, perseguição e entrega da vida nas ações do dia a dia.

Jesus é o Messias que se doa a todos, sobretudo aos menores e sofredores, assumindo as consequências da missão. O discípulo participa da missão de Jesus assumindo a cruz, cruz que é consequência concreta, e não princípio. Porque a cruz como princípio é outra tentação, que levaria a buscar o sofrimento pelo sofrimento. O Mestre nos quer participantes de sua missão, não sofredores sem causa. Princípio de vida para os seguidores de Jesus é a misericórdia, que leva à cruz. Jesus nos quer discípulos seus, com uma vida que se doa, ganha sentido e se plenifica no seio do próprio Deus. É com a vida concreta, enfim, que mostramos quem é para nós o Messias sofredor.

Pe. Paulo Bazaglia, ssp


O Domingo

É um periódico que tem a missão de colaborar na animação das comunidades cristãs em seus momentos de celebração eucarística. Ele é composto pelas leituras litúrgicas de cada domingo, uma proposta de oração eucarística, cantos próprios e adequados para cada parte da missa e duas colunas, uma reflete sobre o evangelho do dia e a outra sobre temas relacionados à vida da Igreja.

Assinar