1º de maio – 3º DOMINGO DA PÁSCOA | Paulus Editora

O Domingo – Palavra
1º de maio – 3º DOMINGO DA PÁSCOA

Indicar a um amigo:





“SIM, SENHOR, TU SABES QUE EU TE AMO”

O Evangelho de hoje traz uma das aparições pós-ressurreição relatadas por João. Pedro e seus companheiros passam a noite pescando, mas sem sucesso. Estão no mar, envoltos pela noite, pelas adversidades do mundo, pelo fracasso. Até que uma pessoa “estranha” aparece e diz aos discípulos que lancem a rede à direita. Obedecendo a essa Palavra, eles pescam grande quantidade de peixes, a ponto de não conseguirem puxá-los para fora da água. “É o Senhor”, nota o discípulo amado; “Vinde comer”, convida Jesus. Ele é o anfitrião da refeição que se segue, alimentando os discípulos com pão e peixe, assim como no episódio da multiplicação (Jo 6,8-13) – e da mesma forma que nos alimenta de sua Palavra em nossas celebrações comunitárias, nas quais lhe apresentamos nossos anseios, sofrimentos e desafios, bem como nossas alegrias e esperanças.

Após a refeição, Jesus dirige-se a Simão Pedro três vezes, perguntando-lhe se ele o ama. A cena provavelmente representa a reconciliação ocorrida no interior da comunidade cristã mais ampla, a qual, desta forma, se põe sob a liderança de Pedro. Deus, que é Amor, pergunta ao apóstolo (e a nós) três vezes: “Você me ama?” As respostas constituem uma reversão das três anteriores negações: Pedro está perdoado. Tendo sido restaurada sua amizade com Jesus, ele é enviado em missão para liderar a Igreja. Esse envio é também para nós; Jesus sugere que vivamos com o mesmo amor que ele (“tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim” – Jo 13,1).

O amor sério é envolvente. É desse amor que mais precisamos. Jesus no-lo manifesta na sua Palavra, que celebraremos até seu regresso. Por isso, dá-nos o Espírito Santo e os meios para realizar sua obra, numa relação de amor pessoal com ele – presente, especialmente, nos menores e excluídos da sociedade. Assim, a vida cristã ganha sentido no mistério do amor, fundamentado na ação e na verdade.

Christian Dino Batsi, ssp


O Domingo – Palavra

O objetivo deste periódico é celebrar a presença de Deus na caminhada do povo e servir às comunidades eclesiais na preparação e realização da Liturgia da Palavra. Ele contém as leituras litúrgicas de cada domingo, proposta de reflexão, cantos do Hinário litúrgico da CNBB e um artigo que trata da liturgia do dia ou de algum acontecimento eclesial.

Assinar