Nunca foi tão fácil ganhar o céu – Biografia espiritual de São José Sánchez del Río | Paulus Editora

Releases

26/02/2021

Nunca foi tão fácil ganhar o céu – Biografia espiritual de São José Sánchez del Río

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Ficha Técnica
Título: Nunca foi tão fácil ganhar o céu – Biografia espiritual de São José Sánchez del Río
Autor (a): Ricardo Figueiredo
Acabamento: Brochura-PUR
Coleção: Modelos de virtude
Formato: 13.5 (larg) x 21 (alt)
Páginas: 76
Área de interesse: Hagiografia

“Nos vemos no céu. Viva o Cristo Rei! Viva sua Mãe, a Virgem de Guadalupe!”. São José Sanchez del Rio

Publicado pela PAULUS Editora e escrito pelo padre Ricardo Figueiredo, o livro “Nunca foi tão fácil ganhar o céu”, apresenta aos leitores a biografia espiritual de São José Sanchez del Rio, um jovem mártir mexicano, assassinado pelo governo anticatólico de sua época, durante a Guerra Cristera em 1928. O martírio do jovem cristão que ansiava pelo céu, ocorreu devido à sua fidelidade a Deus, ao amor por Jesus Cristo na Eucaristia, por sua fé na Virgem de Guadalupe e pelo firme propósito de defender a fé cristã, diante de seus algozes. Nesse caminho, os aspectos mencionados foram considerados características marcantes de sua biografia.

De acordo com a obra, o jovem São José Sanchez del Rio nasceu em Sahuayo, Michoacán, no oeste mexicano, no dia 28 de março de 1913 e foi martirizado em 10 de fevereiro de 1928, com apenas 14 anos de idade. Em “Nunca foi fácil ganhar o céu”, o autor Ricardo Figueiredo narra ao leitor a trajetória simples de um jovem considerado modelo de vida e santidade para a juventude de hoje.

São Joselito, assim, conhecido no México, enfrentou muitos sofrimentos, mesmo com pouca idade, juntou-se ao exército de Cristero para trabalhar como ajudante do capitão, com a função até mesmo de rezar junto à tropa mexicana. Em consequência, foi perseguido, preso, torturado e martirizado violentamente por não negar o Cristo. Antes de ser fuzilado, suas últimas palavras foram: “Nos vemos no céu. Viva o Cristo Rei! Viva sua Mãe, a Virgem de Guadalupe!”.

Para compreender a história de São José Sanchez del Rio, Padre Ricardo Figueiredo destaca na primeira parte da obra, temas sobre fé, história e política. Na primeira abordagem, estão os seguintes tópicos: Contexto histórico do México no início do século XX,  a grande perseguição religiosa da época, a infância de São Joselito, o caso de Sahuayo e a luta dos “cristeros”. Na segunda parte, o leitor encontra o perfil espiritual do jovem mártir e por fim, o martírio. Além disso, o livro também traz considerações do autor sobre os mártires e uma novena em honra a São José Sanchez del Rio.

Segundo o autor, contemplar a santidade em pessoas jovens, é perceber que todos são chamados à santidade. Segundo padre Ricardo, aprofundar a vida de um jovem mártir como São José Sánchez é, em primeiro lugar, um convite para a retomada de consciência da trajetória cristã. Ricardo Figueiredo enfatiza que a santidade não depende das capacidades intelectuais, nem de circunstâncias social, pelo contrário, necessita apenas de fé e amor a Jesus Cristo.

O jovem São José Sanchez del Rio foi beatificado em 20 de novembro de 2005, em Guadalajara, e canonizado pelo Papa Francisco, em Roma, em 16 de outubro de 2016. O título da obra “Nunca foi tão fácil ganhar o céu” – foram palavras ditas por ele ao escolher lutar na guerra. Segundo a obra, uma demonstração da força trazida pelo seu amor convicto a Cristo e a Virgem de Guadalupe.

Ricardo Figueiredo nasceu em 1990, em Sintra (Portugal). Sacerdote desde 2015, exerceu seus dois primeiros anos de ministério nas paróquias de Peniche, Atouguia da Baleia e Serra d’El Rei (Portugal), onde conviveu com muitos jovens. Recentemente foi nomeado pároco das paróquias do concelho de Óbidos. Publicou pela PAULUS as seguintes obras: Não eu, mas Deus: biografia espiritual de Carlo Acutis e Um “santo” surfista: o servo de Deus Guido Schaffer, também publicou originalmente em Portugal.