Dicas de leitura: Dia Mundial do Silêncio | Paulus Editora

Notícias

06/05/2021

Dicas de leitura: Dia Mundial do Silêncio

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





A Organização Mundial da Saúde (OMS) instituiu o dia 7 de maio como o Dia Mundial do Silêncio. O objetivo da data é conscientizar a população sobre os efeitos da poluição sonora na qualidade de vida de todos.

Além dos problemas de saúde ligados à perda de audição, o excesso de barulho causa diversos transtornos, como o aumento do estresse e a perda da capacidade de concentração.

O silêncio é fundamental também na vida espiritual. É por meio dele que as pessoas podem conectar-se consigo próprias e com Deus, pela oração, meditação e contemplação. Em 2014, o Papa Francisco aconselhou: “Há tanto barulho no mundo! Aprendamos a estar em silêncio dentro de nós mesmos e diante de Deus.”.

Para auxiliar os fiéis a redescobrirem a beleza do silêncio, a PAULUS Editora sugere títulos que falam sobre o valor do silêncio e a importância de calar a voz interior e exterior para entrar em contato com Deus.

A palavra que leva ao silêncio

 

A obra de John Main é uma espécie de guia para quem deseja crescer espiritualmente por meio da oração meditativa e contemplativa. O livro traz inúmeras reflexões sobre o verdadeiro sentido dessa prática, além de ensinar a realizá-la. Na obra, Main instrui o leitor a valorizar o silêncio – primeiro passo da oração meditativa – e dá algumas dicas essenciais, como adotar uma postura livre de tensões, manter a respiração calma e regular, relaxar todos os músculos do corpo, entre outras. Depois, são oferecidas abordagens sobre o poder e a importância do mantra na oração contemplativa, explicando como ele deve ser pronunciado. Saiba mais.

 

Silêncio: Caminho para o mistério


Em “Silêncio – Caminho para o mistério”, o autor Johannes Poelman faz reflexões sobre o silêncio, de que não se trata apenas do não falar e não pensar, mas de calar todas as vozes exteriores e interiores para poder abrir-se ao diálogo com Deus. “Silêncio é afastar-me do modo de pensar e de agir a que estava acostumado; ter coragem de não mais trilhar caminhos conhecidos. É desapegar-me de tudo o que até agora fazia. É estar disposto para algo novo. Novas maneiras de pensar, de agir; estar aberto para algo desconhecido, esperar o novo, o divino tomar conta de mim. Estar aberto para o modo divino de ser tornar-se o meu”, explica o autor. Saiba mais.

 

O cultivo espiritual em tempos de conectividade

 

Inspirado na sabedoria espiritual de grandes nomes do cristianismo, como Henri Nouwen, Thomas Merton e Romano Guardini, o autor Francisco Galvão, ssp, aborda o desafio e a necessidade de se cultivar a paz espiritual em meio a tanta interatividade, conexões e entretenimentos do mundo moderno. Segundo o autor, o ritmo agitado da vida deixa pouco espaço para a escuta interior e o cultivo de uma espiritualidade que supere o ritualismo da prece pronta. A leitura do livro nos recorda que, sem o cultivo da oração, da disciplina e do desapego, dificilmente alcançaremos a verdadeira paz interior. Saiba mais.

 

A luz que vem de dentro – O caminho interior da meditação

 

 

Em “A luz que vem de dentro – O caminho interior da meditação”, o autor Laurence Freeman faz uma seleção de textos proferidos em palestras e conferências em grupos de meditação na Inglaterra. Na obra, o monge beneditino e precursor da Meditação Cristã em diversos países aponta a meditação como instrumento para a fidelidade espiritual e para o contínuo crescimento dos seres humanos, trazendo vários capítulos que esclarecem a importância desse exercício, além de ensinar como realizá-lo. Saiba mais.

 

O cotidiano dom de Deus

 

Na publicação, o autor Padre José Laércio de Lima, SJ, fala sobre a importância de uma experiência íntima e profunda com Jesus. Por meio da proposta do caminho espiritual, será possível unir a meditação, a reflexão e a oração, e assim responder às perguntas a respeito da fé, da Igreja, da sociedade, da espiritualidade e da vida. É uma obra que quer unir a vida de oração com a identidade cristã, que quer motivar a convivência e a fraternidade entre todos. Saiba mais.