Dicas de leitura – Dia Mundial da Educação | Paulus Editora

Notícias

27/04/2021

Dicas de leitura – Dia Mundial da Educação

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





O Dia Mundial da Educação, celebrado no próximo dia 28 de abril, recorda o Fórum Mundial de Educação de Dakar, que aconteceu no Senegal, em 2000. O evento reafirmou a Declaração Mundial de Educação para Todos, feita em 1990, e avaliou o desempenho da educação em todos os continentes. Além disso, os países participantes comprometem-se no cumprimento de metas e objetivos traçados no Fórum.

Na Declaração de Dakar, os organizadores reafirmaram: “Toda criança, jovem e adulto têm o direito humano de beneficiar-se de uma educação que satisfaça suas necessidades básicas de aprendizagem, no melhor e mais pleno sentido do termo, e que inclua aprender a aprender, a fazer, a conviver e a ser. É uma educação que se destina a captar os talentos e o potencial de cada pessoa e desenvolver a personalidade dos educandos para que possam melhorar suas vidas e transformar suas sociedades”, pede o Documento.

Para celebrar a data, a PAULUS Editora sugere títulos que contribuem no processo educacional, conscientizando a sociedade da importância de uma educação inclusiva, que promova o desenvolvimento integral da pessoa. Confira os títulos abaixo:

Introdução à Educação – Celso Antunes

 

A obra “Introdução à Educação”, de Celso Antunes, relata aspectos fundamentais e mudanças que caracterizam a educação no agudo processo de transição pelo qual passamos. Dividida em 31 capítulos, o livro oferece, de maneira clara e objetiva, um fio condutor para nortear os educadores, esclarecendo os conceitos e fundamentos principais da educação, com sua evolução até os nossos dias. Saiba mais.

 

Educação em busca de sentido

A obra “Educação em busca de sentido”, da autora Eloisa Marques Miguez, interpreta a educação partindo do pensamento de Viktor Frankl. Para autora, a contribuição frankliana para o pensamento pedagógico procura resgatar o caráter intencional e projetivo do fato educativo. O objetivo da análise existencial de Frankl é explicitar a imagem inconsciente do homem que há na psicologia. Dessa forma, pode contribuir para a antropologia da pedagogia, cujo papel é mostrar o que no homem é fenômeno da educação. Saiba mais.

 

Como educar bons valores

 

Em “Como educar bons valores”, a autora Maria Helena Marques fala sobre a importância da transmissão de bons valores na educação de crianças e jovens. O livro tem como propósito ser um manual de reflexão para todas as pessoas envolvidas com a arte de educar. “É urgente expandir o olhar e encontrar novas estratégias que contribuam, efetivamente, para a construção de uma educação que resgate os valores desejados”, explica a autora. Saiba mais.

 

Brinco, logo aprendo

Na obra “Brinco, logo aprendo – Educação, videogames e moralidades pós-modernas”, o autor e professor Gilson Schwartz revela a urgente e inevitável tarefa de pensar criticamente a digitalização e reconhecer o caráter complexo dos novos meios, ampliando o debate sobre o lugar do indivíduo, o sentido de sua formação e a temporalidade que se abre para a formulação de projetos com perspectivas locais, concretas. O livro aponta a urgência da reinvenção do professor como mentor e parceiro inspirador em favor de práticas de aprendizagem mais criativas. Saiba mais.