Dicas de leitura: Dia Internacional para o direito à verdade sobre a violação dos direitos humanos | Paulus Editora

Notícias

23/03/2021

Dicas de leitura: Dia Internacional para o direito à verdade sobre a violação dos direitos humanos

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





No dia 24 de março, a Organização das Nações Unidas (ONU) celebra o “Dia Internacional para o direito à verdade sobre a violação dos direitos humanos”. A data recorda o assassinato de Santo Oscar Romero, Arcebispo de San Salvador, em 1980.

Em 2015, o então secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou: “O direito à verdade – que é um direito coletivo e individual – é essencial para as vítimas, mas também para a sociedade como um todo. É por isso que as Nações Unidas apoiam missões de investigação, comissões de investigação e comissões da verdade para revelar todas as graves violações dos direitos humanos e do direito internacional humanitário.”.

Enquanto esteve à frente da igreja de San Salvador, Santo Oscar Romero foi uma figura importante na denúncia da violação dos direitos humanos em El Salvador, na América Central. Por essa razão, no dia 24 de março os países são chamados a intensificar suas ações em prol da busca pela verdade em todos os casos onde os direitos humanos são infringidos.

Na Argentina, o dia 24 de março é lembrado também como o “Dia Nacional da Memória da Verdade e da Justiça”, recordando o aniversário do golpe de Estado de 1976, que deixou mais de 30 mil vítimas fatais durante os sete anos de duração do regime. Em 2011, no Brasil, foi criada uma Comissão da Verdade para esclarecer os crimes ocorridos durante a Ditadura Militar. Por causa da lei da anistia, não houve aplicação de pena ou condenação aos acusados. Mesmo sem as punições, a criação da Comissão da Verdade foi um marco para esclarecer os crimes cometidos, dando explicações sobre os crimes cometidos durante este turbulento período da história do país. Para contribuir na reflexão deste tema tão importante, a PAULUS Editora indica os seguintes livros:

Oscar Romero e a comunhão dos santos

Trata-se de uma emocionante biografia, ricamente detalhada, na qual é relatada toda a trajetória do mártir: a origem humilde, a postura de sacerdote e bispo relativamente conservador e a sua impressionante transformação, ocorrida em seus últimos três anos de vida. A obra também traz excelente análise sobre El Salvador, pois a trajetória de Romero não pode ser compreendida separada da história e da cultura desse país, o qual ele tanto amou. Oscar Romero e a comunhão dos santos faz parte da Coleção Biografias, que visa oferecer aos leitores brasileiros o testemunho de pessoas que viveram o Evangelho de forma radical. Saiba mais!

 

Patologias do poder: Saúde, direitos humanos e a nova guerra contra os pobres

 

Lançado pela PAULUS Editora em 2018, o livro foi escrito por um comissário especial da ONU para o Haiti. A obra narra a dura realidades de vida e morte, luta e sofrimento em busca dos direitos humanos. As áreas da saúde pública e da medicina são peças-chave para o progresso concreto e comprometido com o futuro dos direitos humanos, tendo em vista o usufruto equitativo dos avanços científicos por países mais pobres e explorados. Saiba mais!

 

Idolatria do dinheiro e Direitos Humanos: Uma crítica teológica do novo mito do capitalismo

 

O livro tem como inspiração a visita apostólica do Papa Francisco à Coreia do Sul, realizada em 2014. Na ocasião, o pontífice destacou a necessidade de que a Igreja seja uma Igreja pobre para os pobres, e fez uma crítica à idolatria do dinheiro, decorrente da globalização econômica neoliberal. Na obra, o autor dá pistas e desafios para a construção de um novo mito alternativo humanizador que possa ajudar na superação do novo mito opressivo do capitalismo. Saiba mais!