Dicas de leitura: Dia da Literatura Brasileira | Paulus Editora

Notícias

30/04/2021

Dicas de leitura: Dia da Literatura Brasileira

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





No próximo dia 1º de maio, celebra-se o Dia da Literatura Brasileira. A data homenageia o escritor e romancista José de Alencar, nascido em 1º de maio de 1829, em Messejana (CE). Autor de clássicos como “O Guarani”, “Iracema”, “Senhora” e “O tronco do ipê”, José de Alencar formou-se em Direito na Universidade de São Paulo (USP), no Largo de São Francisco. Exerceu diversos cargos públicos até chegar a ser Ministro da Justiça.

José de Alencar destaca-se por ser um dos primeiros autores brasileiros a escrever sobre as características do povo simples do interior do Brasil, como o sertanejo e o indígena. Por isso, no dia de seu nascimento é celebrado o Dia da Literatura Brasileira.

Para comemorar a data, a PAULUS Editora indica títulos que valorizam a rica cultura brasileira, suas riquezas naturais e seu povo. Confira abaixo:

O guarani

 

O romance indianista “O Guarani”, de José de Alencar, é um dos mais famosos do autor e uma importante obra do romantismo brasileiro. Narrado em terceira pessoa, o livro conta a história do índio Peri e sua relação com a família de Dom Antônio de Mariz. Ao salvar a vida de Cecília, filha de Dom Antônio, Peri fica muito próximo da família e se apaixona pela jovem. A obra aborda diversos aspectos da realidade brasileira do século XVII, como a relação entre os indígenas e os portugueses. Saiba mais.

 

Memórias Póstumas de Brás Cubas

 

A obra “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis, é um marco da literatura brasileira, pois faz a transição entre o período do romantismo para o realismo. Trata-se da história de Brás Cubas, que escreve a própria biografia a partir do túmulo (sendo, portanto, segundo o próprio, não um autor-defunto, mas o primeiro defunto-autor da história, que é caracterizado por ter morrido e depois escrito, diferente da maioria, que escreve e depois morre). Suas memórias começam com uma dedicatória que antecipa o humor negro e a ironia presente em todo o livro. Saiba mais.

 

Contos Folclóricos Brasileiros

A obra “Contos folclóricos brasileiros” reúne cultura popular, folclore e clássicos da literatura infantil. A publicação traz 30 histórias conhecidas, adaptadas para a cultura e realidade do Brasil. “Contos folclóricos brasileiros” pertence à coleção Lendas e Contos, que tem como objetivo a preservação de nossas tradições populares. A narrativa e as ilustrações tornam a leitura ainda mais agradável e instigam a curiosidade das crianças. Além disso, a obra conta com notas sobre as versões, um resumo de todos os contos e um glossário, que explica algumas palavras curiosas. Saiba mais.

 

Brasil – Um mosaico de culturas

 

Escrito no formato de cordel, o livro “Brasil – Um mosaico de culturas” faz um passeio pelo Brasil destacando a cultura, música e costumes das mais diversas partes do país. A história começa na época do descobrimento, passando pelas explorações, a vida dos índios, dos portugueses, africanos e escravos. Em seguida, comenta, sobre essa mistura e o crescimento da população e das regiões. A obra é repleta de ilustrações, algumas representando xilogravuras, e ainda inclui ao final bibliografia, conclusão, artigos e textos. Saiba mais.

 

Nos sonhos de Quintana

 

 

Da coleção Brasileirinhos, a obra “Nos sonhos de Quintana”, de autoria de Lúcia Fidalgo, apresenta o autor Miranda Quintana, menino que nasceu em Alegrete, Rio Grande do Sul, no ano de 1906, e tornou-se grande poeta, tradutor e jornalista brasileiro. O livro apresenta às crianças este influente poeta brasileiro, como forma de inspirar nossas crianças a construírem seu futuro a partir do exemplo de grandes personalidades. Saiba mais.