MISSÃO QUE SE RENOVA | Paulus Editora

O Domingo
MISSÃO QUE SE RENOVA

Indicar a um amigo:





Ao aparecer aos discípulos, o Senhor Ressuscitado transforma o medo deles em alegria. Aos que, com medo, sofrem por sua ausência física, Jesus deixa claro que continua vivo junto aos seguidores. E mais: Filho de Deus redivivo, ele se manifesta como o centro do universo, da história e de cada comunidade reunida.

Jesus transforma o medo em alegria, desejando a paz aos seus. Mas a paz, esse dom de Deus, é também conquista humana, que só se busca superando o medo, abrindo as portas para o mundo, assumindo riscos. Não por menos, Jesus sopra sobre os discípulos, recriando a humanidade com o sopro divino de vida, tal como na criação do universo. O Espírito enviado, desde então, continua a ser a força de Deus nas criaturas, a impulsioná-las pela fé a continuar a missão do Ressuscitado, missão de paz e fraternidade.

Felicidade é acreditar em Jesus sem tê-lo visto. Tomé precisou ver para acreditar. E quanto a nós e nossa fé? Jesus hoje nos proclamaria felizes, por acreditarmos na vida nova do Ressuscitado diante da injustiça, do ódio e da intolerância, que parecem falar mais alto? Ou, em vez, para crer, andamos à busca de algo que não é a boa notícia de Jesus aos pobres e sofredores?

A ressurreição de Jesus nos torna criaturas novas. Temos a mesma missão do Mestre, e seu Espírito em nós nos faz capazes de acreditar no que ele fez e falou, para anunciar ao mundo seu amor. Acreditar em Jesus ressuscitado, portanto, é superar o medo. É construir a paz na alegria, apesar dos sofrimentos. É não permitir que outros e outras coisas se tornem o centro de nossa vida e de nossas comunidades.

Quanto realmente acreditamos em Jesus vivo em nosso meio, e como demonstramos isso com nossa vida? Onde está nossa alegria, e qual a paz que estamos construindo como cristãos?

Jesus ressuscitado continua conosco, garantindo-nos que o amor e a vida, e não o ódio e a morte, têm a última palavra. Ressuscitado, ele nos quer também vencedores da morte.

Pe. Paulo Bazaglia, ssp


O Domingo

É um periódico que tem a missão de colaborar na animação das comunidades cristãs em seus momentos de celebração eucarística. Ele é composto pelas leituras litúrgicas de cada domingo, uma proposta de oração eucarística, cantos próprios e adequados para cada parte da missa e duas colunas, uma reflete sobre o evangelho do dia e a outra sobre temas relacionados à vida da Igreja.

Assinar