Santa Teresa de Jesus – Livro da vida | Paulus Editora

Releases

01/02/2021

Santa Teresa de Jesus – Livro da vida

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Ficha Técnica:

Título: Santa Teresa de Jesus – Livro da vida
Autora: Santa Teresa de Jesus
Catálogo: Espiritualidade
Coleção: Clássicos do Cristianismo
Acabamento: Capa Dura
Formato: 13,5 (larg) x 21 (alt)
Páginas: 366
Áreas de interesse: Espiritualidade, testemunho

Clássico está na 2ª edição, 17ª Impressão e ganha capa na versão luxo.

Livro da vida é uma autobiografia de Santa Teresa de Jesus e apresenta uma experiência rica de totalidade, fruto de seu encontro com Deus, encontro que essa doutora da Igreja alimentou em sua vida de oração. Sua finalidade é esclarecer as profundezas da vida íntima de união com Deus, a que pode chegar uma alma favorecida pela graça, na participação da vida trinitária da Majestade divina, revelando-se como Pai, Filho e Espírito Santo. Essas graças inefáveis são concedidas em vista de um valor ou uma obra sempre em benefício da Igreja.

A obra está dividida em cinco partes, correspondentes aos diversos períodos ou assuntos tratados. A primeira parte refere-se à família e aos primeiros anos de vida religiosa da santa. Na segunda parte, ela descreve quatro graus de oração, relatando suas experiências místicas. Na sequência continua o relatório, e sucessivamente, passa à quarta parte, contando a fundação do Convento de São José de Ávila. Para finalizar, a doutora da Igreja faz considerações sobre a vida de oração, descrevendo algumas visões e revelações.

“Por isso, a quem ler esta narração de minha vida, peço por amor do Senhor, que tenha diante dos olhos o quanto fui ruim, a ponto de nunca ter achado santo, dos que se converteram a Deus, com o qual me consolar. Vejo, depois de chamados pelo Senhor, que não tornavam a ofendê-lo. Eu, pelo contrário, piorava cada vez mais. Parecia estudar o modo de resistir às graças de Sua Majestade, como que temendo sentir-me obrigada a servi-lo com maior perfeição. Tinha consciência de ser incapaz de pagar o mínimo do quanto já lhe devia”, escrita de Santa Teresa de Jesus.