VER JESUS PARA SE COMPROMETER COM ELE | Paulus Editora

O Domingo
VER JESUS PARA SE COMPROMETER COM ELE

Indicar a um amigo:





Eis o apelo de alguns gregos, que se aproximaram de Filipe: ver Jesus. Diante deles, Jesus, em vez de incentivá-los a segui-lo, pede-lhes maior profundidade na decisão, pois anuncia sua hora e o fim trágico que se aproxima. A hora indica que a missão de Jesus está chegando ao ápice, e chegada também é a hora de quem se propõe segui-lo.

Nesse momento, o Mestre compara sua vida com um grão de trigo, que precisa cair na terra e morrer para renascer e produzir frutos. Ele sacrificou a própria vida para que outros tivessem vida em plenitude. Sente-se angustiado diante daquilo que o espera, mas veio para essa hora. Quem se anima a segui-lo diante dessa proposta?

Os verbos “seguir” e “servir” estão interligados. Quem se propõe seguir o Mestre é convidado também a servir os irmãos e irmãs. O próprio Jesus deu exemplo de como pôr-se a serviço dos outros. Nisso ele depositou o sentido de sua vida.

A metáfora do grão de trigo é muito significativa. Ela nos revela a riqueza de quem se põe a serviço, muitas vezes sacrificando muito de si mesmo. A vida do cristão é plenificada quando descobre o sentido da doa­ção em favor dos irmãos e irmãs, quando aprende a se abrir aos outros. Uma das grandes tentações é justamente se trancar em si mesmo, vivendo a rotina do dia a dia e fechando os olhos aos novos desafios a serem vislumbrados no horizonte.

O desejo de ver Jesus deve estar aberto ao impulso de mudança que nasce desse encontro. Alguns podem desejar ver Jesus por curiosidade; outros, talvez, com o desejo de contestá-lo; muitos, no entanto, procuram vê-lo para se comprometer com ele e descobrir o mistério que nele se esconde. Só começamos a ser cristãos de verdade quando o chamado do Mestre nos atrai e nos comprometemos com ele. Somos de fato atraídos por ele quando fazemos nosso o movimento que ele fez de ser levantado da terra, até o alto da cruz, momento supremo da doação de sua vida.

Pe. Nilo Luza, ssp


O Domingo

É um periódico que tem a missão de colaborar na animação das comunidades cristãs em seus momentos de celebração eucarística. Ele é composto pelas leituras litúrgicas de cada domingo, uma proposta de oração eucarística, cantos próprios e adequados para cada parte da missa e duas colunas, uma reflete sobre o evangelho do dia e a outra sobre temas relacionados à vida da Igreja.

Assinar