LIVRES PARA A MISSÃO | Paulus Editora

O Domingo
LIVRES PARA A MISSÃO

Indicar a um amigo:





O Senhor Jesus chamou e enviou doze apóstolos a continuar sua missão, e continua hoje chamando e enviando a cada um de nós. No evangelho encontramos as principais instruções para bem realizar a missão, assim como os objetivos a alcançar.

Quem aceita o envio de Jesus não pode fazê-lo imaginando que viverá ditando ordens ou que se tornará famoso ou rico. Pelo contrário: o missionário vive a sobriedade e a pobreza, oferecendo-as como testemunho de vida, sem segundas intenções ou espírito interesseiro. Contenta-se com a hospedagem oferecida, em vez de ir de casa em casa procurando luxo, comodidade ou benefícios próprios.

Gratuidade e liberdade são as duas características básicas da evangelização. Na ânsia de pregar o evangelho, o evangelizador não pode transformá-lo numa imposição de doutrinas, pois Jesus nunca impôs nem pediu que os discípulos impusessem nada. Os missionários de Jesus não impõem ensinamentos, mas propõem livremente ao mundo o próprio testemunho, a experiência concreta do que significa ser seguidor de Jesus Cristo, chamando à responsabilidade pessoal e comunitária. Pois, de fato, são as próprias pessoas e comunidades que assumem as consequências da aceitação ou da recusa dos valores propostos pelo Mestre.

Os doze partiram e pregaram para que todos se convertessem. Nossa missão não tem limites, é universal, e continua sendo sempre um chamado à mudança de vida. Os apóstolos receberam poder sobre os espíritos maus, expulsavam demônios e curavam tantos doentes. A missão deles continua em nossa missão, quando ajudamos as pessoas a sair da alienação, a se organizarem, a serem sujeitos da própria história, a vencer o que diminui ou tira a vida.

A unção com óleo, a qual desde o início se fazia nos enfermos, para além de um rito sacramental, expressa todo o amor de missionários que doam a própria vida pela vida do mundo. Aí está o poder de Jesus, renovado em nosso poder de amar e entregar-nos na missão.

Pe. Paulo Bazaglia, ssp


O Domingo

É um periódico que tem a missão de colaborar na animação das comunidades cristãs em seus momentos de celebração eucarística. Ele é composto pelas leituras litúrgicas de cada domingo, uma proposta de oração eucarística, cantos próprios e adequados para cada parte da missa e duas colunas, uma reflete sobre o evangelho do dia e a outra sobre temas relacionados à vida da Igreja.

Assinar