O Domingo – Palavra
A VIDA É MISSÃO

Indicar a um amigo:





Neste dia mundial das missões, o texto do evangelho nos convida a “dar a Deus o que é de Deus”. Qual a parte de Deus? O papa Francisco nos ajuda a responder, acentuando a dimensão existencial da missão: “A missão no coração do povo não é uma parte da minha vida ou um ornamento que posso pôr de lado; não é um apêndice ou um momento entre tantos outros da minha vida. É algo que não posso arrancar do meu ser, se não quero me destruir. Eu sou uma missão de Deus nesta terra e para isso estou neste mundo” (EG 273). Por isso, não damos a Deus uma parte da vida ou do tempo, damos tudo. Ser discípulo missionário está além de cumprir tarefas ou fazer coisas, exige doação total. Está na ordem do ser e não se reduz a algumas horas do dia. Abrange o tempo integral de quem assume a missão.

Este mês missionário tem como tema “A vida é missão” e como lema a passagem de Is 6,8: “Eis-me aqui, envia-me”. Com isso, recordamos pessoas que fazem de sua vida missão. São leigos e leigas, consagrados, consagradas e ministros ordenados que, encontrados pelo amor misericordioso de Deus, fizeram de sua vida missão. São testemunhas apaixonadas pelo evangelho que transbordam o amor de Deus nas realidades onde vivem.

Jesus é apresentado como mestre verdadeiro que vê com misericórdia e valoriza o interior das pessoas. Sua resposta aos opositores – ao perceber a maldade na pergunta deles –continua atual: “Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”.

Na missão de anunciadores da boa-nova de Jesus, podemos cooperar mediante a oração, a oferta e o envio de missionários/as além-fronteiras. A coleta de hoje destina-se, de forma integral, à missão. Desses recursos, 80% são enviados à Congregação para a Evangelização dos Povos e os 20% que ficam no Brasil mantêm os trabalhos das Pontifícias Obras Missionárias, que atuam na animação e cooperação missionária.

Que são Francisco Xavier e santa Teresinha, padroeiros das missões, nos inspirem a fazer da vida missão: “Eis-me aqui, envia-me”.

Pe. Maurício da Silva Jardim
Diretor das Pontifícias
Obras Missionárias no Brasil


O Domingo – Palavra

O objetivo deste periódico é celebrar a presença de Deus na caminhada do povo e servir às comunidades eclesiais na preparação e realização da Liturgia da Palavra. Ele contém as leituras litúrgicas de cada domingo, proposta de reflexão, cantos do Hinário litúrgico da CNBB e um artigo que trata da liturgia do dia ou de algum acontecimento eclesial.

Assinar