Aos 64 anos, morre o autor, jornalista e ambientalista Vilmar Berna | Paulus Editora

Notícias

06/04/2021

Aos 64 anos, morre o autor, jornalista e ambientalista Vilmar Berna

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





O autor da PAULUS Vilmar Berna faleceu no último dia 2 de abril, no Rio de Janeiro.

O escritor gaúcho Vilmar Sidnei Demamam Berna morreu aos 64 anos, no Rio de Janeiro, na última sexta-feira (02). Segundo informações da família, o autor faleceu em decorrência de uma pneumonia grave.

Nascido em Porto Alegre (RS), em 11 de outubro de 1956, em uma família simples, sua infância e recordações se instalaram na figura paterna e na companhia de seus dois irmãos: César e Cléia. Conforme relata em seu blog, desde muito jovem Vilmar enfrentou muitas dificuldades. Morou em Brasília, em decorrência do trabalho de seu pai, depois seguiu para o Rio de Janeiro, onde teve que trocar os brinquedos pelo trabalho. Vilmar cresceu sem a presença da mãe e somente aos 13 anos ficou sabendo de sua existência, logo ficou também sem a presença do pai. Devido às dificuldades, passou por várias casas e foi acolhido por muita gente. Contudo, como o autor mesmo se expressava – “ele fez uma limonada dos limões que a vida ofertava”.

Diante de uma infância difícil, Vilmar se desgarrou cedo do seio familiar, ganhou o mundo para estudar e falar das suas convicções. Suas histórias sábias e inteligentes conquistaram e influenciaram leitores de todas as idades, especialmente quando falava de escolhas, defesa da vida e meio ambiente. Sua trajetória de superação deu origem a muitos de seus livros. Atualmente, Vilmar residia em Jurujuba, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Muito dedicado, tornou-se jornalista, ambientalista e ficou conhecido por suas lutas incansáveis pela formação da cidadania ambiental planetária. Vilmar participou da fundação de várias organizações da sociedade civil dedicadas às lutas ambientais, entre elas, a Univerde, em 1980, em São Gonçalo; os Defensores da Terra, em 1984, no Rio de Janeiro; e a Rede Brasileira de Informação Ambiental (REBIA), em Niterói. Vilmar também ganhou pelas Organizações das Nações Unidas (ONU), em 1999, no Japão, o Prêmio Global 500 para o Meio Ambiente.

Pela PAULUS Editora, publicou as obras em catálogo:  Parábola da felicidade, O desafio de escolher, o desafio do mar, Como fazer educação ambiental, É possível ser feliz, O tribunal dos bichos – Uma fábula em favor dos animais, A criação e ação humana – Princípios de ética e educação ambiental para uma nova geração de seres humanos.

A PAULUS Editora manifesta profundo pesar e condolências aos familiares, amigos e leitores.  Vilmar Berna foi um homem corajoso que dedicou a vida à ecologia e deixa um enorme legado de sabedoria e grandes contribuições para a consciência ambiental em sociedade. Que Deus criador o receba em sua infinita misericórdia.