Notícias

15/04/2020

Título infantil adverte sobre as informações falsas e reflete o comportamento das pessoas em sociedade

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Nem tudo o que se ouve é verdade e, nem tudo que se recebe e se compartilha, garante total confiabilidade quando voltamo-nos para a mensagem inicial. Tanto as notícias falsas compartilhadas nas redes sociais, quanto àquelas compartilhadas via celular ou por meio do chamado telefone sem fio, merecem atenção redobrada. O livro infantil “Foi assim que me contaram”, escrito por Adalberto Cornavaca aguça a imaginação e convida de maneira lúdica e divertida, os pequenos leitores a refletir sobre a importância da informação correta e sua transmissão para o receptor. O autor descreve como uma história mal contada pode gerar medo, comprometer a imagem de uma pessoa e ainda, como o exagero, a partir do olhar de cada indivíduo, pode-se alterar ou distorcer a realidade e até mesmo prejudicar as pessoas. A obra é feita só de imagens, com ritmo, sequência e ilustrações. O texto também contribui com os pais na orientação das crianças, em sua formação de conduta, nos valores de caráter humano e convívio social. 

Ficha Técnica
Título: Foi assim que me contaram
Autor (a): Adalberto Cornavaca
Coleção: Imagem da Palavra
Acabamento: Brochura
Formato: 21 (larg) x 27 (alt)
Páginas: 32
Área de interesse: Língua Portuguesa, História e Artes

SAIBA MAIS!