Santo do dia

13/03/2018

Santos Rodrigo, Salomão e Eulógio, mártires

13-marEulógio é o mais importante dos mártires de Córdoba, e Salomão e Rodrigo são mais característicos. Estes três e tantos outros deram o testemunho a Cristo com as virtudes cristãs e depois com o martírio na cidade de Córdoba, importante também pelos nascimentos de Sêneca, Lucano, Averróis, Gôngora e outros. Cidade que os árabes tomaram dos visigodos em 771 e que no século X atingiu o seu apogeu cultural, antes de ser reconquistada por Fernando III de Castela, em 1236.

Os muçulmanos não foram tão intransigentes com os cristãos, limitando-se, às vezes, a impor-lhes não confessarem publicamente a fé. Para os cristãos mais sensíveis isso era uma escravidão. As esporádicas reações eram reprimidas com esporádicas perseguições. Numa dessas foram protagonistas Eulógio, Rodrigo e Salomão.

Quase nada sabemos de Salomão antes da prisão que ele sofreu com Rodrigo e que resultou no martírio em 13 de março de 857. De Rodrigo sabemos que era sacerdote e tinha dois irmãos, um católico e outro muçulmano, que viviam em contínuas brigas. Uma vez Rodrigo foi apartar a briga e acabou apanhando dos dois irmãos. Enquanto estava meio desmaiado da surra, o irmão muçulmano colocou-o num carro e saiu pelas ruas dizendo que Rodrigo havia abraçado a fé islâmica. Depois que sarou, Rodrigo continuou exercitando o ministério. Então os muçulmanos julgaram-no traidor e decidiram acabar com ele.

Também santo Eulógio era padre. Não se conformava com a passividade dos cristãos. Escreveu e falou abertamente contra o Corão. Preso uma primeira vez, foi libertado depois que exortou os companheiros ao martírio. Foi nomeado bispo de Toledo, mas nem chegou à sagração pois também ele foi atendido em seu maior desejo: foi decapitado no dia 11 de março de 859.

Extraído do livro:
Um santo para cada dia, de Mario Sgarbossa e Luigi Giovannini.