Paulus lança biografia de Oscar Romero e mostra a preocupação desse mártir da Igreja com os pobres e os necessitados | Paulus Editora

Releases

09/05/2011

Paulus lança biografia de Oscar Romero e mostra a preocupação desse mártir da Igreja com os pobres e os necessitados

Por adm

Indicar a um amigo:





Título: Oscar Romero e a comunhão dos santos
Autor: Scott Wright
Coleção: Biografias
Acabamento: Costurado
Formato: 13,5 cm x 21 cm
Páginas: 232
Áreas de interesse: Pastoral, Catequese e Liturgia

Seu assassinato ocorreu em 24 de março de 1980, enquanto celebrava uma missa. Uma bala, disparada por um atirador de elite do exército de El Salvador, matou Oscar Romero, pastor e profeta que é admirado como santo em todo o mundo.

Os passos desse bispo salvadorenho, de espiritualidade profunda, fé extraordinária e muito amor pelos pobres, chegam aos leitores de todo o Brasil por meio do novo trabalho de Scott Wright: Oscar Romero e a comunhão dos santos, lançamento da PAULUS.

Trata-se de uma emocionante biografia, ricamente detalhada, na qual é relatada toda a trajetória do mártir: a origem humilde, a postura de sacerdote e bispo relativamente conservador e a sua impressionante transformação, ocorrida em seus últimos três anos de vida. “Narrar a história de um santo é uma tarefa um tanto intimidante. O que ameniza isso um pouco é a lembrança das pessoas de quem ouvi pela primeira vez as histórias a respeito de Romero, daqueles humildes campesinos [camponês, em espanhol] que o amavam e veneravam, porque ele os amava e defendia em primeiro lugar: os pobres de El Salvador”, explica o autor.

Segundo Wright, o arcebispo Romero foi moldado pelo Concílio Vaticano II e, posteriormente, pela Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, sediada em Medellín, mas nem sempre foi assim; formou-se padre vinte anos antes do Concílio Vaticano II, e, embora aceitasse as mudanças do Concílio, inicialmente resistiu às conclusões dos bispos latino-americanos em Medellín. “O que causou a sua mudança é, em parte, o tema deste livro. Quer a sua ‘conversão’ tenha sido repentina ou gradual, existem poucas dúvidas de que ele se transformou em decorrência do seu contato com os pobres e, em particular, em virtude do assassinato do seu amigo, padre Rutilio Grande [jesuíta], que teve lugar apenas vinte d ias depois de Romero ter assumido o cargo de arcebispo de San Salvador”, conta.

A obra também traz excelente análise sobre El Salvador, pois a trajetória do sacerdote não pode ser compreendida separada da história e da cultura desse país, o qual ele tanto amou. Além disso, o autor fala, detalhadamente, a respeito da infância e da família do mártir, do seu sofrimento pela morte do pai, da entrada no seminário, das lutas em favor dos pobres, da sua morte trágica etc.

Com o intuito de oferecer ao leitor um material completo e repleto de pormenores, o livro ainda reúne frases de Oscar Romero, trechos de cartas e artigos escritos por ele, fragmentos de suas homilias, entre outros elementos que ajudam a revelar a coragem e a humanidade dessa figura tão importante para a Igreja.

Oscar Romero e a comunhão dos santos é o primeiro título da série Biografias, que, segundo Zolferino Tonon, diretor editorial da PAULUS, será muito bem aceita. “A PAULUS, por meio desta coleção, visa oferecer aos leitores brasileiros o testemunho de pessoas que viveram o Evangelho de forma radical”, afirma.

Em breve, mais dois títulos da coletânea chegarão às livrarias: Padre Cícero de Juazeiro e Padre Ibiapina, ambos escritos pelo renomado teólogo José Comblin.

Scott Wright é coordenador do Ecumenical Program on Central America and the Caribbean (EPICA) e coautor de Oscar Romero: Reflections on his life and writings (Orbis, 2000).