Discernir o chamado – A avaliação vocacional | Paulus Editora

Releases

10/08/2012

Discernir o chamado – A avaliação vocacional

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Serviço
Título: Discernir o chamado – A avaliação vocacional
Autor: Luis María García Domínguez
Coleção: Avulso
Acabamento: Costurado
Formato: 13,5 cm x 21 cm
Páginas: 272
Áreas de interesse: Psicologia, Pastoral, Catequese e Liturgia

Livro esclarece questões relacionadas à vocação religiosa e oferece metodologia para a avaliação vocacional

Vocação, do latim vocatione, significa “chamar”. E é assim que as pessoas se sentem quando decidem servir a vida religiosa: convidadas por Deus a viverem essa experiência. O momento é de reflexões profundas, muitas ponderações e escolhas, algumas vezes difíceis de se fazer.

Em Discernir o chamado – A avaliação vocacional, da PAULUS, Luis María García Domínguez aborda os aspectos que definem a compreensão e o exame da vocação de especial consagração no ministério ordenado e na vida consagrada. Além disso, oferece ao leitor uma metodologia concreta a partir de contribuições da psicologia e demais disciplinas para a realização da avaliação vocacional.

Segundo o autor, discernir esse chamado implica para o candidato um exercício de busca da vontade de Deus sobre ele e, ao mesmo tempo, um exercício de disposição livre de sua pessoa a realizar a vontade divina. “Todo discernimento vocacional na Igreja supõe, além disso, outra instância exterior ao candidato – a dos responsáveis eclesiais que examinam tanto os sinais vocacionais dessa pessoa como as necessidades do povo de Deus ou da comunidade consagrada”, explica.

Após o leitor ser apresentado ao sentido e aos critérios eclesiais relacionados ao discernimento vocacional, o autor apresenta os passos para estruturar e realizar uma entrevista de avaliação, que indica os conteúdos necessários para um exame integral do candidato. As perguntas levam em consideração a história pessoal do indivíduo, de sua família, personalidade, questões relacionadas à sua sexualidade, entre outras.

A obra constitui a síntese estrita de um tema importante e complexo, e por isso foi elaborada de maneira simples e objetiva, tornando-se guia de procedimentos para os envolvidos com o tema. Também se destina em especial aos superiores religiosos e eclesiais que desejam conhecer melhor as pessoas que servem com seu ministério.

Discernir o chamado – A avaliação vocacional é dividido em seis capítulos e conta com conclusões, apêndices, breve vocabulário de termos de psicologia e vastas referências bibliográficas.

Luis María García Domínguez, sacerdote jesuíta, é licenciado em Filosofia, Letras e Teologia. É também licenciado em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da Universidade Gregoriana (Roma). Professor no Instituto de Espiritualidade da Faculdade de Teologia da Universidade Pontifícia Comillas de Madri, durante anos se dedicou à formação dos jovens jesuítas. É atualmente diretor da Escola de Exercícios de Salamanca, bem como professor e tutor na Escola de Formadores da referida cidade. Especialista em espiritualidade inaciana, em acompanhamento espiritual e discernimento e formação vocacional, ministrou numerosos cursos e conferências, tendo publicado diversos livros, artigos e colaborações sobre esses temas.