Releases

12/11/2020

Como gerir bem uma paróquia – A paróquia como empresa do Terceiro Setor e suas seis categorias de gestão

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Ficha Técnica
Título: Como gerir bem uma paróquia
Subtítulo: A paróquia como empresa do Terceiro Setor e suas seis categorias de gestão
Autor (a): Pe. José Carlos Pereira
Catálogo: Pastoral
Acabamento: Brochura
Formato: 13 (larg) x 21 (alt)
Páginas: 240
Área de interesse: Gestão Paroquial, Pastoral

Livro tem como objetivo ajudar os gestores paroquiais a gerir bem uma paróquia, de modo que essa instituição eclesial vá além da dimensão empresarial.

Obra oferece um trabalho que contempla os diversos aspectos da gestão da vida de uma paróquia, são orientações que vão desde os conceitos básicos de administração de empresas a até os procedimentos elementares na gestão paroquias, incluindo as várias categorias de gestão: gestão de finanças, gestão de patrimônio, gestão de pessoas, gestão de pastoral, gestão de espiritualidades e gestão da missão. Aqui foram contempladas também as novas orientações do governo para empresas do Terceiro Setor, no qual estão enquadradas as paróquias e as Mitras Diocesanas.

Dom Paulo Cezar Costa, Bispo diocesano de São Carlos – SP e responsável pela apresentação da obra, explica que a paróquia é uma instituição religiosa, mas possui personalidade jurídica e, por isso, está sujeita às leis do Estado brasileiro. Deve, portanto, prestar conta da sua administração não só a Mitra Diocesana, mas também, por meio da Mitra Diocesana à Receita Federal. Deve atuar de acordo com a legislação vigente no Estado brasileiro, com todos os direitos e deveres que lhe são próprios diante dos poderes públicos. Para tanto, seus gestores precisam estar preparados e fundamentados.

De acordo com o autor, padre José Carlos Pereira , CP os desafios da atualidade no campo administrativo aumentaram, cobrando das instituições eclesiásticas procedimentos administrativos mais transparentes e eficazes. Para colaborar na formação dos gestores, a obra apresenta tópicos com o objetivo de desenvolver alguns aspectos da administração paroquial que se configuram nas seis categorias de gestão – mencionadas no início do texto -, formando um conjunto de atividades que pode ser configurada de gestão eclesial.

No primeiro capítulo, o autor trabalha o conceito de administração, identificando a paróquia como empresa do terceiro setor. Para maior compreensão, padre José Carlos busca elucidar o conceito dos setores. O segundo capítulo trabalha gestão financeira e gestão patrimonial: dízimo, coletas, taxas, vendas, doações etc. Em patrimonial: bens móveis e imóveis; manutenção e gestão do templo; veículos móveis e afins. Gestão de pessoas e gestão pastoral são trabalhadas na terceira parte da obra. De acordo com o autor, temas inseparáveis. O quarto capítulo trata de gestão espiritual e gestão missionária: orientação e acompanhamento espiritual; retiros; métodos de oração; formação missionária; projetos e investimentos missionários.

José Carlos Pereira é padre da Congregação dos Religiosos Passionistas. Tem pós-doutorado em Antropologia Social, doutorado em Sociologia, mestrado em Ciências da Religião, bacharelado em Teologia e licenciatura plena em Filosofia. É autor de mais de 85 livros, em diversas áreas, publicadas no Brasil e no exterior. Faz parte do Núcleo de Estudos de Religião e Sociedade (Nures) e do programa de pós-graduação em Ciências Sociais da PUC-SP. Mantém um canal no Youtube, no qual disponibiliza vídeos com conteúdo formativo em diversas áreas.