Releases

05/07/2018

Com Deus me deito, com Deus me levanto

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Ficha Técnica
Título: Com Deus me Deito, Com Deus me Levanto
Autor (a): Francisco Van der Poel (Frei Chico)
Coleção: Avulso
Acabamento: Brochura
Formato: 16 (larg) x 23 (alt)
Páginas: 408
Área de interesse: Pastoral

Obra traz uma seleção de rezas da tradição oral e outros elementos da rica religiosidade popular brasileira

“Sem a fé num Deus vivo, qualquer religião perderia o sentido” p. 7

Organizada por Francisco Van der Poel (Frei Chico), o livro intitulado “Com Deus me deito, com Deus me levanto”, publicado pela PAULUS Editora, é fruto de orações populares, rezada por muitos cristãos e que não constam nos manuais oficiais de religião. O livro oferece inúmeras orações, rezas e preces da tradição oral e outros elementos da rica religiosidade popular brasileira, pesquisada pelo autor durante quarenta anos. Frei Chico, holandês inculturado, registrou em suas missões pelas regiões pobres do Brasil, as diversas formas de expressão de fé do povo de Deus.

De acordo com autor, a experiência religiosa leva o povo a criar formas culturais para celebrar o seu encontro com sagrado, sendo assim, o povo revela meios diversos de expressão e aproximação com o divino, com rezas simples que brotam da fé em um Deus vivo e presente. Além disso, o conteúdo vem acompanhado de depoimentos populares, cantigas, informações históricas, explicações e reflexões para estudiosos e rezadores.

Por meio desses elementos, Frei Chico resgata diversas orações populares. Nesta obra estão registradas orações de todos os tipos, sobretudo, orações que foram recolhidas com muita sensibilidade de pessoas simples, como por exemplo, os moradores do médio do Jequitinhonha no estado de Minas Gerais. O leitor encontrará na publicação orações para todo cristão, como aquelas antes das refeições, antes de dormir, de viajar, de trabalhar, de defesa contra o mal, ainda é possível encontrar orações para a família, para problemas de saúde e diversas situações.

O autor afirma que, as pessoas sempre buscam os rezadores populares, que, muitas vezes, são pessoas idosas, discretas e de grande sabedoria. Ele lembra que as reflexões e comentários do livro, não pretendem abordar toda a riqueza da fé dos pobres, mas oferece pistas para a sua compreensão. Com base nesses dados, Frei Chico menciona também alguns elementos da história da religiosidade popular, preservada pela tradição oral e de cristãos que leem pouco e raramente escrevem.

A obra destina-se a três grupos de leitores, primeiro para os cristãos devotos que desejam conhecer as orações descritas, segundo, ao clero católico em sua diversidade e terceiro para os estudiosos e acadêmicos.  A leitura também apresenta artigos auxiliares e uma bibliografia específica que completam a obra e índices diversos que facilitam a consulta.

Francisco Van der Poel, ofm estudou teologia na Holanda, durante o Concílio Vaticano II (1962-1965). Chegou ao Brasil em 1967, trabalhou como padre no vale do Jequitinhonha (MG), onde permaneceu por dez anos. Também morou por 16 anos na colônia de Santa Isabel, com os hansenianos, que lutam contra o preconceito. Estudou liturgia e foi professor de liturgia e religiosidade popular no CELMU (Centro Ecumênico de Atualização Litúrgica e Musical, em São Paulo). Coordenou a redação da cartilha Abra a porta e publicou as obras: Com Deus me deito (reza); Deus vos salve, casa santa (Estudos da CNBB); Dicionário da religiosidade popular: cultura e religião no Brasil (Nossa Cultura, 2013).