Releases

23/03/2020

Caminhar juntos: Reflexão e ação após o Sínodo dos Bispos sobre os jovens

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Ficha técnica:
Título: Caminhar juntos: Reflexão e ação após o Sínodo dos Bispos sobre os jovens
Org.: Filipe Alves Domingues
Coleção: Comunidade e Missão
Acabamento: Brochura
Formato: 13.5 (larg) x 21 (alt)
Páginas: 136
Área de interesse: Jovens

A PAULUS Editora publica a obra Caminhar juntos: Reflexão e ação após o Sínodo dos Bispos sobre os jovens, organizada pelo jornalista Filipe Domingues. O livro reúne uma breve coleção de artigos escritos pelos brasileiros presentes no Sínodo sobre Os Jovens, a fé e o discernimento vocacional.

Segundo Filipe Domingues, organizador e um dos autores do livro, o objetivo da obra é ajudar líderes leigos, bispos, padres, religiosos e os próprios jovens em suas reflexões agora, depois do Sínodo. “É preciso refletir sobre o que foi tido ali e colocar em prática”, afirma. Cada artigo é fruto da reflexão individual de cada autor, mas serve de impulso para o diálogo em comunidade.

De acordo com Filipe, a ideia de fazer o livro surgiu ainda durante as reuniões do Sínodo junto ao Pe. Valdir José de Castro, ssp, superior-geral da Pia Sociedade de São Paulo, que também participou da Assembleia. Fator importante que contribuiu para a criação do livro foi a formação de um grupo de trabalho de bispos de língua portuguesa, algo inédito. A sugestão foi apresentada aos brasileiros participantes que aceitaram em escrever um artigo.

Além dos bispos brasileiros, o livro conta com a participação de Cristiane Murray, atualmente vice-secretária da sala de imprensa da Santa Sé. O convite surgiu com o intuito de falar sobre as demandas dos jovens acerca de uma maior participação das mulheres na Igreja.

Já o Cardeal Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasília e relator-geral da Assembleia do Sínodo dos Bispos sobre os jovens, afirma que o livro serve de grande estímulo para continuar o caminho sinodal e a crescer no compromisso de priorizar a juventude na vida e na missão da Igreja.

Filipe Alves Domingues (Org.) é jornalista, formado em 2008 pela Faculdade Cásper Líbero. Cobriu a renúncia do papa Bento XVI para o jornal O Estado de S. Paulo, e os primeiros anos do pontificado do papa Francisco para o jornal O São Paulo, direto de Roma, onde viveu por seis anos. Fez mestrado e doutorado na Pontifícia Universidade Gregoriana, com tese de doutorado sobre questões éticas das redes sociais e a juventude, o que o levou a participar da reunião pré-sinodal como representante da Congregação para a Educação Católica e, em seguida, a ser nomeado pelo papa Francisco como perito no Sínodo dos Bispos sobre Os Jovens, a fé e o discernimento vocacional.