Apocalipse: A força da resistência dos pobres | Paulus Editora

Releases

05/01/2022

Apocalipse: A força da resistência dos pobres

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Ficha Técnica
Título: Apocalipse: A força da resistência dos pobres
Autores: Luiz Alexandre Solano Rossi/ Ildo Perondi
Coleção: O mundo da Bíblia
Acabamento: Brochura
Formato: 15,8 (larg) x 23 (alt)
Páginas: 360
Área de interesse: Liturgia

Obra da PAULUS estuda e atualiza as mensagens do Apocalipse para os dias atuais

Publicado pela PAULUS Editora, o livro “Apocalipse: A força da resistência dos pobres”, organizado por Luiz Alexandre Solano Rossi e Ildo Perondi, é o novo título da coleção O Mundo da Bíblia. Esta obra traz aos leitores reflexões  acerca do livro mais comentado das Sagradas Escrituras – o livro do Apocalipse. Qual o significado das mensagens e diversos símbolos do Apocalipse? Quem o escreveu e para qual destinatário? Como entender as cartas às sete comunidades?  Qual o sentido das visões proféticas? A publicação responde a essas e outras questões, reunindo importantes considerações de grandes biblistas e exímios pesquisadores da Sagrada Escritura.

De acordo com a obra, o Apocalipse é, ao mesmo tempo, um livro fácil e difícil de ler. Os autores revelam “É como uma casa fechada: para poder entrar, é preciso ter a chave certa”. Segundo eles, só quem conhece o contexto em que foi escrito e o gênero literário empregado consegue entender o seu conteúdo. Com o objetivo de aprofundar o contexto do universo apocalíptico, os organizadores oferecem aos leitores pistas fundamentais para a compreensão dos textos proféticos, cujo autor do livro se utiliza de muitos sinais, símbolos, números, animais, códigos, órgãos do corpo, elementos do universo, além de datas, locais e pessoas do passado.

O livro “Apocalipse: A força da resistência dos pobres” está dividido em três capítulos. No primeiro, está o tema “Como ler o Apocalipse”, neste trecho apresentam-se o estudo e reflexão sobre o possível autor dos textos do Apocalipse, assim como datas, locais, destinatários e a situação socioeconômica das comunidades da época.

No segundo capítulo, são agregados comentários aos textos bíblicos, entre as considerações estão reflexões sobre as cartas e revelações dirigidas às sete Igrejas, Visão do trono de Deus: Ap 4,1-10, O livro da vida e o Cordeiro imolado: Ap  5,1-14, O Cordeiro abre os selos do livro: Ap 6,1-17, O povo que vem da grande tribulação: Ap 7, 1-17,  A abertura do sétimo selo: Ap 8,1-13,  A mulher e o dragão: Ap 12,1-18, entre outras menções.

Por fim, o terceiro e último capítulo discorre sobre a simbologia bíblica, os autores resgatam o significado referente às cores, números, elementos da natureza, do mundo animal, às coisas da vida, a Jerusalém e seu templo, ao corpo humano e Império Romano. Além disso, há ponderações sobre as bem-aventuranças no Apocalipse e a centralidade de Jesus Cristo nos textos proféticos.

Os biblistas Luiz Alexandre Solano Rossi e Ildo Perondi explicam que o nome “Apocalipse” é uma palavra grega que significa “revelação”. Sendo assim, o livro enfatiza que o Apocalipse é uma revelação, da parte de Deus, de algo que está oculto e que não pode ser compreendido por aqueles que não conhecem a mensagem cristã.  

Para os autores, o Apocalipse não é um livro para transmitir medo; ao contrário, é um livro que tem por objetivo animar as pessoas e comunidades, um livro que fala de esperança, fim da opressão e expressa nas entrelinhas, a resposta de Deus a um povo que sofre perseguição e sofrimentos, mas, apesar de tudo, mantém-se fiel e perseverante.  Ao meditar os textos, os idealizadores atualizam diversas mensagens para os dias atuais, no intuito de animar as comunidades cristãs, diante das crises e dificuldades da vida.

Luiz Alexandre Solano Rossi tem pós-doutorado em História Antiga pela UNICAMP e em Teologia pelo Fuller Theological Seminary, na Califórnia; é doutor em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo e mestre em Teologia pela Faculdade do Instituto Superior Evangélico de Estudos Teológicos (ISEDET), em Buenos Aires. Autor de mais oitenta livros publicados no Brasil e no exterior, é professor adjunto na PUCPR, no programa de mestrado e doutorado em Teologia, e professor na UNINTER (Centro Universitário Internacional). 

Ildo Perondi é doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2015), Mestre em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Urbaniana (Roma, 2002), bacharel em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2007), possui licenciatura em Filosofia pela Faculdade Entre Rios do Piauí (2017), graduação em Teologia pelo Instituto Teológico Paulo VI (1989). É Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.