A Carta aos Gálatas | Paulus Editora

Releases

23/06/2022

A Carta aos Gálatas

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Ficha Técnica
Título: A Carta aos Gálatas
Autor (a): Papa Francisco
Coleção: Catequeses do Papa Francisco
Acabamento: Brochura – PUR
Formato: 13,5 (larg) x 20 (alt)
Páginas: 80
Áreas de interesse: Bíblica/ Pastoral

Obra traz ensinamentos sobre a Carta aos Gálatas numa proposta atual que envolve o tema da escravidão e liberdade

A obra “A Carta aos Gálatas”, publicada pela PAULUS Editora, reúne uma série de catequeses do Papa Francisco proferidas durante a Audiência Geral de 23 de junho de 2021, sobre “A Carta aos Gálatas”, nas quais o Santo Padre aborda os temas que o Apóstolo Paulo propõe em sua carta.

Conforme narram as Sagradas Escrituras, a carta aos Gálatas é uma espécie de circular escrita pelo apóstolo de Cristo para as Igrejas da Galácia. Esta carta teria sido escrita provavelmente de Éfeso, em data posterior ao ano 53 e próxima a 57, sem precisões exatas. De acordo com a obra, os gálatas eram uma antiga população celta que, através de muitas instabilidades, estabeleceu-se na região da Anatólia, que tinha a sua capital na cidade de Ancira, hoje Ancara, capital da Turquia.

Neste cenário, o conteúdo desta carta dirigida a esta comunidade escolhida pelo apóstolo trata de dois grandes temas: a justificação pela fé e a liberdade em Jesus Cristo. Nas considerações realizadas pelo Pontífice, a catequese sobre a carta aos Gálatas conduz o leitor a conhecer melhor o apóstolo dos gentios e sua obra de evangelização, bem como sua importância para a história do cristianismo. Sobretudo, em assuntos importantes e pertinentes para a fé e a Igreja, como a liberdade, a graça e o modo de vida cristão.

Deste modo, esta publicação tem por principal objetivo exortar os cristãos a resguardarem a autoridade do Apóstolo, na fidelidade à Boa-nova de Cristo, que oferece a todos os povos a verdadeira liberdade. Segundo o livro, o Papa Francisco empenha-se em aplicar seu ensinamento com o intuito de revelar aos leitores a importância desses escritos que permanecem sempre atuais para as comunidades cristãs de hoje.

O livro está dividido por temas, que giram em torno das seguintes reflexões: “Paulo, verdadeiro Apóstolo”; “O Evangelho é Um”; “A Lei de Moisés”; “O valor propedêutico da Lei”; “Os perigos da Lei”; “Gálatas insensatos”; “Somos filhos de Deus”; “A vida na fé”; “Cristo nos libertou”; “A liberdade cristã, fermento universal de libertação”; “A liberdade se realiza na caridade”; “O fruto do Espírito”; “Caminhar segundo o Espírito” e “Não nos deixemos tomar pelo cansaço”.

Na introdução da obra, Francisco lembra que nessa Carta, Paulo faz muitas referências biográficas que permitem conhecer a sua conversão e a decisão de dedicar a vida ao serviço de Jesus Cristo. Com as catequeses, o leitor irá notar o caráter forte e apaixonado de Paulo, além de suas intensas convicções teológicas.

Em suas catequeses, o Papa Francisco lembra que o apóstolo Paulo conseguiu fundar várias pequenas comunidades, espalhadas por toda a região da Galácia. “Paulo, quando chegava a uma cidade, a uma região, não construía imediatamente uma grande catedral, não. Estabelecia as pequenas comunidades que são o fermento da nossa cultura cristã de hoje. E essas pequenas comunidades cresciam, cresciam e iam em frente. Também hoje esse método pastoral é realizado em cada região missionária”, afirma.

Segundo Francisco, o ensinamento do apóstolo Paulo na Carta aos Gálatas ajudará o leitor a compreender o melhor caminho, isto é, o caminho libertador em Jesus Cristo crucificado e ressuscitado.