O Domingo
27 de janeiro: 3º Domingo do Tempo Comum

Indicar a um amigo:





O ESPÍRITO DO SENHOR ESTÁ SOBRE NÓS

Lucas inicia seu evangelho manifestando o desejo de também deixar por escrito os acontecimentos relacionados a Jesus de Nazaré. Ele dedica a obra a Teófilo, nome que significa “amigo de Deus”. Portanto, essa obra é também destinada a todos aqueles que se consideram amigos de Deus.

A seguir, apresenta Jesus entrando e ensinando nas sinagogas, particularmente na da vila onde se criou. É aí em Nazaré, região da Galileia, que o Senhor inicia sua missão: anunciar uma boa notícia aos pobres, a liberdade aos cativos e oprimidos, recuperar a vista aos cegos, proclamar o
tempo da graça. O Mestre estabeleceu para si verdadeiro programa de vida.

A Palavra de Deus não é palavra morta. Cada página do evangelho traz uma palavra viva, que deve se realizar no hoje da história. Na vida de Jesus está a vida de cada um de seus seguidores. E na missão dele está também a missão de todo batizado.

Como, nos dias atuais, proclamar uma boa notícia aos pobres? Como fazer ressoar a mensagem libertadora do evangelho na vida de tantos presos, muitos dos quais submetidos a condições desumanas e, não raro, condenados por causa de um “pedaço de pão”, enquanto a maior parte dos grandes roubos continua impune? Como devolver a real visão dos fatos aos que vivem iludidos por ideologias divulgadas pelos grandes meios de comunicação e pelas redes sociais?

Ungido pelo Espírito, Jesus cumpriu a profecia de Isaías, restaurando a dignidade de todos aqueles nos quais esta foi lesada. Tal deve ser também nossa missão: restaurar a dignidade de todo ser humano, começando pelos pobres. A proposta de Jesus é libertar as pessoas de qualquer situação de opressão e miséria, promovendo integralmente a vida.

O cristão, ungido pelo Espírito, é alguém que não se conforma com a maldade, a esperteza oportunista, a violência e a injustiça reinantes na sociedade. Quem se acomoda diante de tanto sofrimento não entendeu ou não procura entender o que o Mestre viveu e ensinou. É possível ficarmos conformados quando, em nosso país, algumas poucas famílias têm, juntas,
uma fortuna equivalente à soma das riquezas de cem milhões de brasileiros? O Espírito do Senhor clama em nós!

                  

  Pe. Nilo Luza, ssp


O Domingo

É um periódico que tem a missão de colaborar na animação das comunidades cristãs em seus momentos de celebração eucarística. Ele é composto pelas leituras litúrgicas de cada domingo, uma proposta de oração eucarística, cantos próprios e adequados para cada parte da missa e duas colunas, uma reflete sobre o evangelho do dia e a outra sobre temas relacionados à vida da Igreja.

Assinar