O Domingo
18 de agosto: Assunção de Nossa Senhora

Indicar a um amigo:





ALEGRIA DO ENCONTRO MATERNO

Maria tem pressa ao se dirigir à região montanhosa da Judeia para auxiliar Isabel, grávida e necessitada de ajuda. Ambas são simples e pobres, mas solidárias, e carregam dentro de si uma vida. É a solidariedade entre duas mães que reconhecem a ação de Deus em seus corpos. As mulheres proporcionam também o encontro de duas crianças ainda no ventre: o encontro do Precursor com o Salvador.

Pela saudação, percebemos a alegria que transborda das duas gestantes, a ponto de contagiar o fruto do ventre de cada uma. Impulsionada pelo Espírito Santo, Isabel se alegra por receber a mãe do Senhor, declarando-a abençoada e feliz, porque acreditou na Palavra e acolheu com fé o chamado de Deus.

Representante dos pequenos que têm esperança, Maria responde com belo hino, que exalta os pobres e rebaixa os poderosos e orgulhosos. Cheia do Espírito Santo e bendita entre as mulheres, ela é fonte de paz, alegria e bênção por onde passa. É a paz e a alegria de quem acredita na Palavra de Deus e se põe a serviço dos planos divinos.

Felizes são as famílias cujas mães se solidarizam entre si, por meio da ajuda mútua. Felizes as comunidades que têm discípulas de Cristo cheias do Espírito Santo e portadoras de vida e esperança, mulheres benditas que acolhem a Palavra, transmitem fé e otimismo e acreditam num mundo melhor.

Pe. Nilo Luza, ssp


O Domingo

É um periódico que tem a missão de colaborar na animação das comunidades cristãs em seus momentos de celebração eucarística. Ele é composto pelas leituras litúrgicas de cada domingo, uma proposta de oração eucarística, cantos próprios e adequados para cada parte da missa e duas colunas, uma reflete sobre o evangelho do dia e a outra sobre temas relacionados à vida da Igreja.

Assinar