O Domingo – Palavra
30 de junho: São Pedro e São Paulo

Indicar a um amigo:





AS DUAS COLUNAS DA IGREJA

O mês de junho é repleto de festas populares típicas: santo Antônio de Pádua ou de Lisboa, são João Batista e são Pedro apóstolo. Ressalte-se, porém, que a liturgia da Igreja une a esta última festa uma lembrança importantíssima: junto com são Pedro celebramos outro grande apóstolo, são Paulo, cuja conversão comemoramos em 25 de janeiro.

As “festas juninas” fazem parte da tradição popular em nosso país e são ligadas a esses santos do mês de junho, dando-nos a oportunidade não só de confraternizarmos, em meio aos folguedos tradicionais, mas também de sermos ajudados com o exemplo e a intercessão deles.

São Pedro e são Paulo são chamados “as duas colunas da Igreja”. Sobre esses dois grandes homens se lê que foram fiéis testemunhas (mártires) de Cristo e de seu evangelho, um pela cruz (Pedro, segundo a tradição, crucificado de cabeça para baixo) e o outro pela espada (Paulo, prisioneiro no Senhor). Ambos têm a nos ensinar que nos caminhos de Deus não faltam provações, mas é preciso perseverar.

Além das festas populares deste mês, de antiga tradição nacional, não esqueçamos a importância de celebrarmos junto com Pedro e Paulo o Dia do Papa, em unidade com aquele que sucede a Pedro e tem a missão evangelizadora de anunciar “uma Igreja em saída”. Esse dia é ocasião própria para fazermos nossa oração pelo sucessor de Pedro, o papa Francisco, e manifestarmos nossa unidade com ele, presenteando-o com o “óbolo de são Pedro”, destinado às obras caritativas que o santo padre leva adiante em Roma e no mundo. Ao viver essa unidade como Igreja, somos convidados a amar esta nossa mãe que nos gerou para a vida divina pelo batismo.

Afirmam nossos irmãos bispos no Documento de Aparecida: “Agradecemos a Deus a religiosidade de nossos povos que resplandece na devoção ao Cristo sofredor e à sua Mãe bendita, na veneração aos santos com suas festas patronais, no amor ao papa e aos demais pastores, no amor à Igreja universal como grande família de Deus que nunca pode nem deve deixar seus próprios filhos a sós ou na miséria” (DAp 127).

D. Orani João Tempesta, O. Cist.

Cardeal Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro


O Domingo – Palavra

O objetivo deste periódico é celebrar a presença de Deus na caminhada do povo e servir às comunidades eclesiais na preparação e realização da Liturgia da Palavra. Ele contém as leituras litúrgicas de cada domingo, proposta de reflexão, cantos do Hinário litúrgico da CNBB e um artigo que trata da liturgia do dia ou de algum acontecimento eclesial.

Assinar