O Domingo – Palavra
2 de junho: Ascensão do Senhor

Indicar a um amigo:





REDES SOCIAIS E COMUNIDADE HUMANA

A missão da Igreja é evangelizar. Consciente desse mandato recebido de Jesus – que é evidenciado na liturgia da Palavra deste domingo da Ascensão do Senhor –, a Igreja buscou, no decorrer da história, todas as formas possíveis de comunicação para chegar com o evangelho a todos os povos. Nesse âmbito, os meios de comunicação social tornaram-se instrumentos fabulosos e obrigatórios na ação evangelizadora e, consequentemente, na promoção da dignidade humana, da justiça, da fraternidade universal, do diálogo, da reconciliação e do progresso dos povos.

O desafio da evangelização continua em nossos dias, sobretudo no que diz respeito ao ambiente digital e, de modo especial, às redes sociais. A Igreja reconhece que não pode haver falta de coerência entre a expressão da fé e o testemunho do evangelho na realidade onde somos chamados a viver – seja essa física ou nas redes. Também o mundo digital é importante lugar de encontro, no qual é possível construir relações amistosas ou ferir, difundir verdades ou mentiras, participar de um debate frutífero ou difamar.

É nessa perspectiva que podemos situar a mensagem do papa Francisco para o 53º Dia Mundial das Comunicações Sociais que celebramos hoje, com o tema: “‘Somos membros uns dos outros’ (Ef 4,25). Das comunidades de redes sociais à comunidade humana”.

As redes sociais e as comunidades territoriais não são duas realidades em oposição, mas complementares. A rede, como espaço de relações humanas, é também lugar para dar o testemunho cristão, especialmente por meio do uso responsável da linguagem e de um estilo de comunicação que ajude a criar interação, a promover a solidariedade e o bem-estar da sociedade. Como afirma a mensagem do papa: se a rede for usada como prolongamento do encontro, então não se atraiçoa a si mesma e permanece um recurso para a comunhão. Nesse sentido, cada internauta é chamado a fazer a sua parte!

Pe. Valdir José de Castro, ssp


O Domingo – Palavra

O objetivo deste periódico é celebrar a presença de Deus na caminhada do povo e servir às comunidades eclesiais na preparação e realização da Liturgia da Palavra. Ele contém as leituras litúrgicas de cada domingo, proposta de reflexão, cantos do Hinário litúrgico da CNBB e um artigo que trata da liturgia do dia ou de algum acontecimento eclesial.

Assinar