O Domingo – Palavra
17 de novembro: 33º domingo do Tempo Comum

Indicar a um amigo:





A ESPERANÇA DOS POBRES JAMAIS SE FRUSTRARÁ

“Não é possível jamais iludir o premente apelo que a Sagrada Escritura confia aos pobres. Para onde quer que se volte o olhar, a Palavra de Deus indica que os pobres são todos aqueles que, não tendo o necessário para viver, dependem dos outros. São o oprimido, o humilde, aquele que está prostrado por terra. Mas, perante essa multidão inumerável de indigentes, Jesus não teve medo de se identificar com cada um deles: ‘Sempre que fizestes isso a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim mesmo o fizestes’ (Mt 25,40). Esquivar-se dessa identificação equivale a ludibriar o evangelho e diluir a revelação. O Deus que Jesus quis revelar é este: um Pai generoso, misericordioso, inexaurível na sua bondade e graça, que dá esperança sobretudo a quantos estão desiludidos e privados de futuro […].

Ao aproximar-se dos pobres, a Igreja descobre que é um povo, espalhado entre muitas nações, que tem a vocação de fazer com que ninguém se sinta estrangeiro nem excluído, porque a todos envolve num caminho comum de salvação […].

‘A opção pelos últimos, por aqueles que a sociedade descarta e lança fora’ (EG 195), é uma escolha prioritária que os discípulos de Cristo são chamados a abraçar para não trair a credibilidade da Igreja e dar uma esperança concreta a tantos indefesos. É neles que a caridade cristã encontra a sua prova real, porque quem partilha os seus sofrimentos com o amor de Cristo recebe força e dá vigor ao anúncio do evangelho […]

[…] Coloquemos de parte as divisões que provêm de visões ideológicas ou políticas, fixemos o olhar no essencial, que não precisa de muitas palavras, mas de um olhar de amor e de uma mão estendida. […] Antes de tudo, os pobres precisam de Deus, do seu amor tornado visível por pessoas santas que vivem ao lado deles e que, na simplicidade da sua vida, exprimem e fazem emergir a força do amor cristão.

[…] A todas as comunidades cristãs e a quantos sentem a exigência de levar esperança e conforto aos pobres, peço que se empenhem para que este Dia Mundial possa reforçar em muitos a vontade de colaborar concretamente para que ninguém se sinta privado da proximidade e da solidariedade […]” (trechos da mensagem do papa Francisco para o 3º Dia Mundial dos Pobres).

Papa Francisco


O Domingo – Palavra

O objetivo deste periódico é celebrar a presença de Deus na caminhada do povo e servir às comunidades eclesiais na preparação e realização da Liturgia da Palavra. Ele contém as leituras litúrgicas de cada domingo, proposta de reflexão, cantos do Hinário litúrgico da CNBB e um artigo que trata da liturgia do dia ou de algum acontecimento eclesial.

Assinar