Liturgia Diária
DIA 27 – QUINTA-FEIRA

Indicar a um amigo:





12ª SEMANA COMUM

(verde – ofício do dia)

O Senhor é a força de seu povo, fortaleza e salvação do seu ungido. Salvai, Senhor, vosso povo, abençoai vossa herança e governai para sempre os vossos servos (Sl 27,8s).

De toda construção esperam-se alicerces sólidos. Cabe-nos construir sobre a Palavra de Deus e suas promessas, fundamento que nos permite enfrentar os obstáculos da vida sem arruiná-la.

Primeira Leitura: Gênesis 16,1-12.15-16 ou 6-12.15-16

[A forma breve encontra-se entre colchetes.]

Leitura do livro do Gênesis – 1Sarai, a mulher de Abrão, não lhe dera filhos. Mas, tendo uma escrava egípcia, chamada Agar, 2Sarai disse a Abrão: “Eis que o Senhor me fez estéril. Une-te, pois, à minha escrava para ver se, por ela, posso ter filhos”. Abrão atendeu ao pedido de Sarai. 3Depois de Abrão ter morado dez anos em Canaã, Sarai, sua esposa, tomou sua escrava egípcia, Agar, e deu-a como mulher ao seu marido, Abrão. 4Abrão uniu-se a Agar e ela concebeu. Percebendo-se grávida, começou a olhar com desprezo a sua senhora. 5Sarai disse a Abrão: “Tu és responsável pela injúria que estou sofrendo. Fui eu mesma que coloquei minha escrava em teus braços, e ela, apenas ficou grávida, pôs-se a desprezar-me. O Senhor será juiz entre mim e ti”. 6Abrão respondeu a Sarai: “Olha, a escrava é tua; faze dela o que bem entenderes”. E [Sarai maltratou-a tanto, que ela fugiu. 7Um anjo do Senhor, encontrando-a junto à fonte do deserto, no caminho de Sur, disse-lhe: 8“Agar, escrava de Sarai, de onde vens e para onde vais?” Ela respondeu: “Estou fugindo de Sarai, minha senhora”. 9E o anjo do Senhor lhe disse: “Volta para a tua senhora e sê submissa a ela”. 10E acrescentou: “Multiplicarei a tua descendência de tal forma, que não se poderá contar”. 11Disse, ainda, o anjo do Senhor: “Olha, estás grávida e darás à luz um filho e o chamarás Ismael, porque o Senhor te ouviu na tua aflição. 12Ele será indomável como um jumento selvagem, sua mão se levantará contra todos, e a mão de todos contra ele. E ele viverá separado de todos os seus irmãos”. 15Agar deu à luz o filho de Abrão; e ele pôs o nome de Ismael ao filho que Agar lhe deu. 16Abrão tinha oitenta e seis anos quando Agar deu à luz Ismael.] – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 105(106)

Dai graças ao Senhor, porque ele é bom.

  1. Dai graças ao Senhor, porque ele é bom, / porque eterna é a sua misericórdia! / Quem contará os grandes feitos do Senhor? / Quem cantará todo o louvor que ele merece? – R.
  2. Felizes os que guardam seus preceitos / e praticam a justiça em todo tempo! / Lembrai-vos, ó Senhor, de mim, lembrai-vos, / pelo amor que demonstrais ao vosso povo! – R.
  3. Visitai-me com a vossa salvação, / para que eu veja o bem-estar do vosso povo, / e exulte na alegria dos eleitos, / e me glorie com os que são vossa herança. – R.
Evangelho: Mateus 7,21-29

Aleluia, aleluia, aleluia.

Quem me ama realmente guardará minha palavra e meu Pai o amará, e a ele nós viremos (Jo 14,23). – R.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 21“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’ entrará no reino dos céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus. 22Naquele dia, muitos vão me dizer: ‘Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos muitos milagres?’ 23Então eu lhes direi publicamente: jamais vos conheci. Afastai-vos de mim, vós que praticais o mal. 24Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha. 25Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha. 26Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. 27Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa!” 28Quando Jesus acabou de dizer essas palavras, as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento. 29De fato, ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os mestres da lei. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Na conclusão do Sermão da Montanha, Jesus nos estimula a pôr em prática todos os seus ensinamentos e deixa claro que o autêntico herdeiro do Reino é quem cumpre a vontade de Deus. O voto de aprovação depende das obras boas realizadas para a glória de Deus e o bem do próximo. Outros sinais, mesmo extraordinários e sob invocação do nome do Senhor, se não forem acompanhados da sinceridade de coração, mas realizados por motivos desonestos, serão reprovados “naquele dia”, momento de prestar contas. Não basta ficar só rezando e repetindo o nome de Deus sem arregaçar as mangas e partir para a prática da justiça. Quem fizer a vontade do Pai celeste, revelada por Jesus nos Evangelhos, esse estará edificando sua vida sobre a rocha inabalável, que é o próprio Cristo.

(Dia a dia com o Evangelho 2019 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp)


Liturgia Diária

É um subsídio mensal que contempla toda a caminhada litúrgica de cada mês. Apresenta ao leitor algumas opções de orações eucarísticas, um breve comentário dos santos e das leituras de cada dia, uma variada opção de cantos, além de trazer, a cada domingo, uma opção de círculo bíblico.

Assinar