Liturgia Diária
DIA 25 – SEGUNDA-FEIRA

Indicar a um amigo:





7ª SEMANA DA PÁSCOA*

(branco, pref. da Ascensão – ofício do dia da 3ª semana do saltério)

Recebereis a força do Espírito Santo, que descerá em vós, e dareis testemunho de mim até os confins da terra, aleluia! (At 1,8)

Passando pela cruz é que Jesus alcançará a vitória sobre o mundo injusto. Alegremo-nos na presença do Senhor, que pelo batismo nos introduziu num caminho de paz e pela Eucaristia revigora nossa coragem para anunciar o Reino.

Primeira Leitura: Atos 19,1-8

Leitura dos Atos dos Apóstolos – 1Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo atravessou as regiões montanhosas e chegou a Éfeso. Aí encontrou alguns discípulos e perguntou-lhes: 2“Vós recebestes o Espírito Santo quando abraçastes a fé?” Eles responderam: “Nem sequer ouvimos dizer que existe o Espírito Santo!” 3Então Paulo perguntou: “Que batismo vós recebestes?” Eles responderam: “O batismo de João”. 4Paulo disse-lhes: “João administrava um batismo de conversão, dizendo ao povo que acreditasse naquele que viria depois dele, isto é, em Jesus”. 5Tendo ouvido isso, eles foram batizados no nome do Senhor Jesus. 6Paulo impôs-lhes as mãos, e sobre eles desceu o Espírito Santo. Começaram então a falar em línguas e a profetizar. 7Ao todo, eram uns doze homens. 8Paulo foi então à sinagoga e, durante três meses, falava com toda convicção, discutindo e procurando convencer os ouvintes sobre o reino de Deus. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 67(68)

Reinos da terra, cantai ao Senhor.

1. Eis que Deus se põe de pé, e os inimigos se dispersam! / Fogem longe de sua face os que odeiam o Senhor! / Como a fumaça se dissipa, assim também os dissipais, como a cera se derrete ao contato com o fogo, / assim pereçam os iníquos ante a face do Senhor! – R.

2. Mas os justos se alegram na presença do Senhor, / rejubilam satisfeitos e exultam de alegria! / Cantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome! / O seu nome é Senhor: exultai diante dele! – R.

3. Dos órfãos ele é pai e das viúvas protetor; / é assim o nosso Deus em sua santa habitação. / É o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados, / quem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura. – R.

Evangelho: João 16,29-33

Aleluia, aleluia, aleluia.

Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto, / onde Cristo está sentado, à direita de Deus Pai (Cl 3,1). – R.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo João – Naquele tempo, 29os discípulos disseram a Jesus: “Eis, agora falas claramente e não usas mais figuras. 30Agora sabemos que conheces tudo e que não precisas que alguém te interrogue. Por isso cremos que vieste da parte de Deus”. 31Jesus respondeu: “Credes agora? 32Eis que vem a hora – e já chegou – em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis só. Mas eu não estou só, porque o Pai está comigo. 33Disse-vos estas coisas para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo!”  – Palavra da salvação.

Reflexão:

Os discípulos manifestam a Jesus entusiasta declaração de fé: “Nós acreditamos que tu saíste de junto de Deus”. Jesus, porém, retruca-lhes mostrando que essa fé não tem base sólida: “Vem a hora, e já chegou, em que vocês… me deixarão sozinho”. Não basta uma fé superficial, fruto talvez de euforia ou emoção passageira. A fé em Jesus implica acompanhá-lo em todas as circunstâncias, também no caminho para a cruz. Os evangelhos comprovam que, no momento da Paixão, os discípulos se dispersaram “cada um para o seu lado”. Jesus não se sente só, porque o Pai está com ele. Não obstante o abandono dos discípulos, Jesus não os repreende; ao contrário, conforta-os diante das tribulações próprias da missão cristã: “Neste mundo vocês terão aflições, mas tenham coragem: Eu venci o mundo”.

Oração
Divino Salvador, teus discípulos dizem que acreditam em ti, mas sua fé é muito fraca. De fato, na hora da tua Paixão, eles vão se dispersar, cada um para o seu lado, e te deixarão só. Aumenta nossa fé, Senhor, e reforça nossa coragem para te seguir também no sofrimento e nas perseguições. Amém.

(Dia a dia com o Evangelho 2020 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp (dias de semana) Pe. Nilo Luza, ssp (domingos e solenidades))


Liturgia Diária

É um subsídio mensal que contempla toda a caminhada litúrgica de cada mês. Apresenta ao leitor algumas opções de orações eucarísticas, um breve comentário dos santos e das leituras de cada dia, uma variada opção de cantos, além de trazer, a cada domingo, uma opção de círculo bíblico.

Assinar