Liturgia Diária
Dia 1º – QUINTA-FEIRA

Indicar a um amigo:





SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO

BISPO, DOUTOR E FUNDADOR

(branco – ofício da memória)

Velarei sobre as minhas ovelhas, diz o Senhor; chamarei um pastor que as conduza e serei o seu Deus (Ez 34,11.23s).

Afonso nasceu na Itália em 1696 e lá faleceu em 1787. Advogado renomado, deixou a profissão pela vida eclesiástica. Para concretizar seu ideal de evangelização, fundou a Congregação do Santíssimo Redentor, dedicada às missões e ao atendimento dos mais pobres e abandonados. Seu exemplo nos leve a comunicar a todos a copiosa redenção.

Primeira Leitura: Êxodo 40,16-21.34-38

Leitura do livro do Êxodo – Naqueles dias, 16Moisés fez tudo o que o Senhor lhe havia ordenado. 17No primeiro mês do segundo ano, no primeiro dia do mês, o santuário foi levantado. 18Moisés levantou o santuário, colocou as bases e as tábuas, assentou as vigas e ergueu as colunas. 19Estendeu a tenda sobre o santuário, pondo em cima a cobertura da tenda, como o Senhor lhe havia mandado. 20Depois, tomando o documento da aliança, depositou-o dentro da arca e colocou sobre ela o propiciatório. 21E, introduzindo a arca no santuário, pendurou diante dela o véu de proteção, como o Senhor tinha prescrito a Moisés. 34Então a nuvem cobriu a tenda da reunião, e a glória do Senhor encheu o santuário. 35Moisés não podia entrar na tenda da reunião, porque a nuvem permanecia sobre ela, e a glória do Senhor tomava todo o santuário. 36Em todas as etapas da viagem, sempre que a nuvem se elevava de cima do santuário, os filhos de Israel punham-se a caminho; 37e nunca partiam antes que a nuvem se levantasse. 38Pois, de dia, a nuvem do Senhor repousava sobre o santuário e, de noite, aparecia sobre ele um fogo que todos os filhos de Israel viam, em todas as suas etapas. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 83(84)

Quão amável, ó Senhor, é vossa casa!

  1. Minha alma desfalece de saudades / e anseia pelos átrios do Senhor! / Meu coração e minha carne rejubilam / e exultam de alegria no Deus vivo! – R.
  2. Mesmo o pardal encontra abrigo em vossa casa, e a andorinha ali prepara o seu ninho / para nele seus filhotes colocar; / vossos altares, ó Senhor Deus do universo! / Vossos altares, ó meu rei e meu Senhor! – R.
  3. Felizes os que habitam vossa casa; / para sempre haverão de vos louvar! / Felizes os que em vós têm sua força, / caminharão com um ardor sempre crescente. – R.
  4. Na verdade, um só dia em vosso templo / vale mais do que milhares fora dele! / Prefiro estar no limiar de vossa casa / a hospedar-me na mansão dos pecadores! – R.
Evangelho: Mateus 13,47-53

Aleluia, aleluia, aleluia.

Abre-nos, ó Senhor, o coração, / para ouvirmos a palavra de Jesus! (At 16,14) – R.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 47“O reino dos céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. 48Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam. 49Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos 50e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí haverá choro e ranger de dentes. 51Compreendestes tudo isso?” Eles responderam: “Sim”. 52Então Jesus acrescentou: “Assim, pois, todo mestre da lei que se torna discípulo do reino dos céus é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”. 53Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali. – Palavra da salvação.

Reflexão:

A parábola da rede que apanha todo tipo de peixes é uma advertência séria: Deus é paciente, cabe a cada um decidir ser discípulo fiel de Jesus e comprometido com o Reino dos Céus. É prudente fazer da própria vida uma constante doação a serviço do próximo. Aos discípulos, instruídos sobre o “Reino dos Céus”, Jesus convida a serem sábios: não desprezar o passado, o Antigo Testamento, mas em cima do passado construir o presente, a nova comunidade de Cristo, a Igreja. Um lembrete para os cristãos de hoje: não podemos ignorar dois mil anos de história do cristianismo. Afinal, a Igreja atual se consolida e se fortalece sobre as bases assentadas ao longo dos séculos e em toda parte, à custa da multidão de testemunhas fiéis a Jesus Cristo, dentre elas uma fileira incontável de mártires.

(Dia a dia com o Evangelho 2019 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp)


Liturgia Diária

É um subsídio mensal que contempla toda a caminhada litúrgica de cada mês. Apresenta ao leitor algumas opções de orações eucarísticas, um breve comentário dos santos e das leituras de cada dia, uma variada opção de cantos, além de trazer, a cada domingo, uma opção de círculo bíblico.

Assinar