30 – SÁBADO | Paulus Editora

Liturgia Diária
30 – SÁBADO

Indicar a um amigo:





30ª SEMANA COMUM*

(verde – ofício do dia)

Exulte o coração dos que buscam a Deus. Sim, buscai o Senhor e sua força, procurai sem cessar a sua face (Sl 104,3s).

Mesmo diante de atitudes rebeldes, o Senhor não rejeita seu povo. Celebremos nosso Deus, que prepara para todos os povos um lugar na mesa da única, nova e eterna Aliança.

Primeira Leitura: Romanos 11,1-2.11-12.25-29

Leitura da carta de São Paulo aos Romanos – Irmãos, 1eu pergunto: será que Deus rejeitou o seu povo? De modo algum. Pois também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim… 2Deus não rejeitou o seu povo, que ele desde sempre considerou. 11Eu pergunto: acaso eles tropeçaram para cair? Não, de modo algum. De fato, o passo em falso que eles deram serviu para a salvação dos pagãos, e a salvação dos pagãos, por sua vez, deve servir para despertar ciúme neles. 12Ora, se o passo em falso deles foi riqueza para o mundo e o pequeno número de crentes dentre eles foi riqueza para os pagãos, que riqueza não será a adesão de todos eles ao Evangelho! 25Irmãos, para não serdes presunçosos por causa da vossa sabedoria, é importante que conheçais o mistério, a saber: o endurecimento de uma parte de Israel é para durar até que a totalidade dos pagãos tenha entrado na salvação. 26E então todo o Israel será salvo, como está escrito: “De Sião virá o libertador; ele tirará as impiedades do meio de Jacó. 27Essa será a realização da minha aliança com eles, quando eu tirar os seus pecados”. 28De fato, com relação ao Evangelho, eles são inimigos, para benefício vosso, mas, com relação à escolha divina, eles são amados, por causa dos patriarcas. 29Pois os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 93(94)

O Senhor não rejeita o seu povo!

1. É feliz, ó Senhor, quem formais e educais nos caminhos da Lei / para dar-lhe um alívio na angústia. – R.

2. O Senhor não rejeita o seu povo / e não pode esquecer sua herança: / voltarão a juízo as sentenças; / quem é reto andará na justiça. – R.

3. Se o Senhor não me desse uma ajuda, / no silêncio da morte estaria! / Quando eu penso: “Estou quase caindo!”, / vosso amor me sustenta, Senhor! – R.

Evangelho: Lucas 14,1.7-11¬¬

Aleluia, aleluia, aleluia.

Tomai meu jugo sobre vós e aprendei de mim, / que sou de coração humilde e manso! (Mt 11,29) – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas – 1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 7Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então, contou-lhes uma parábola: 8“Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, 9e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar. 10Mas, quando tu fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: ‘Amigo, vem mais para cima’. E isso vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. 11Porque quem se eleva será humilhado, e quem se humilha será elevado”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Jesus aceita o convite do chefe dos fariseus, mas pode tratar-se de banquete-cilada! No texto anterior, consideramos a presença e o significado do homem com retenção de líquido (hidropisia). Jesus aproveita a presença
dos convidados para instruí-los. Servindo-se da ocasião do banquete, realidade comum aos povos de todos os tempos, Jesus deixa-nos a lição da humildade. Denuncia o orgulho das pessoas que pretendem ocupar sempre os primeiros lugares, recordando que estes são reservados aos que se fazem humildes. Por conseguinte, por educação, prudência e humildade, convém ocupar o último lugar. Se a pessoa for convidada a vir “mais para cima”, valorização para ela. No Reino de Deus, Jesus o diz várias vezes: o maior é o servidor de todos, o lugar de honra é o último, e quem se humilha será elevado!

Oração
Ó Mestre, observas que os convidados escolhem os primeiros lugares. Aproveitas a ocasião para nos dar algumas instruções sobre bom senso e civilidade. Convém escolher os últimos lugares, assim evita-se passar vergonha. Livra-nos, Senhor, da vaidade e ajuda-nos a percorrer o caminho da humildade. Amém.

(Dia a dia com o Evangelho 2021 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp e Pe. Nilo Luza, ssp)


Liturgia Diária

É um subsídio mensal que contempla toda a caminhada litúrgica de cada mês. Apresenta ao leitor algumas opções de orações eucarísticas, um breve comentário dos santos e das leituras de cada dia, uma variada opção de cantos, além de trazer, a cada domingo, uma opção de círculo bíblico.

Assinar