19 – SEGUNDA-FEIRA | Paulus Editora

Liturgia Diária
19 – SEGUNDA-FEIRA

Indicar a um amigo:





16ª SEMANA COMUM

(verde – ofício do dia)

É Deus quem me ajuda, é o Senhor quem defende a minha vida. Senhor, de todo o coração hei de vos oferecer o sacrifício e dar graças ao vosso nome, porque sois bom (Sl 53,6.8).

Mesmo quando carece de apoio e é alvo de críticas, o verdadeiro líder continua a animar o povo e apontar-lhe o caminho da libertação. Celebremos o grande sinal da fidelidade de Jesus ao projeto do Pai.

Primeira Leitura: Êxodo 14,5-18

Leitura do livro do Êxodo – Naqueles dias, 5foi anunciado ao rei dos egípcios que o povo tinha fugido. Então, mudaram-se contra ele os sentimentos do faraó e dos seus servos, os quais disseram: “Que fizemos? Como deixamos Israel escapar, privando-nos assim dos seus serviços?” 6O faraó mandou atrelar o seu carro e levou consigo o seu povo. 7Tomou seiscentos carros escolhidos e todos os carros do Egito com os respectivos escudeiros. 8O Senhor endureceu o coração do faraó, rei do Egito, que foi no encalço dos filhos de Israel, enquanto estes tinham saído de braço erguido. 9Os egípcios perseguiram os filhos de Israel com todos os cavalos e carros do faraó, seus cavaleiros e seu exército, e encontraram-nos acampados junto do mar, perto de Fiairot, defronte de Beel-Sefon. 10Como o faraó se aproximasse, levantando os olhos, os filhos de Israel viram os egípcios às suas costas. Aterrorizados, eles clamaram ao Senhor. 11E disseram a Moisés: “Foi por não haver sepulturas no Egito que tu nos trouxeste para morrermos no deserto? De que nos valeu ter sido tirados do Egito? 12Não era isto que te dizíamos lá: ‘Deixa-nos em paz servir os egípcios’? Porque era muito melhor servir aos egípcios do que morrer no deserto”. 13Moisés disse ao povo: “Não temais! Permanecei firmes e vereis o que o Senhor fará hoje para vos salvar; os egípcios, que hoje estais vendo, nunca mais os tornareis a ver. 14O Senhor combaterá por vós, e vós, ficai tranquilos”. 15O Senhor disse a Moisés: “Por que clamas a mim por socorro? Dize aos filhos de Israel que se ponham em marcha. 16Quanto a ti, ergue a vara, estende o braço sobre o mar e divide-o, para que os filhos de Israel caminhem em seco pelo meio do mar. 17De minha parte, endurecerei o coração dos egípcios, para que sigam atrás deles, e eu serei glorificado às custas do faraó e de todo o seu exército, dos seus carros e cavaleiros. 18E os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando eu for glorificado às custas do faraó, dos seus carros e cavaleiros”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: Ex 15

Ao Senhor quero cantar, / pois fez brilhar a sua glória!

1. Ao Senhor quero cantar, pois fez brilhar a sua glória: / precipitou no mar Vermelho o cavalo e o cavaleiro! / O Senhor é minha força, é a razão do meu cantar, pois foi ele, neste dia, para mim libertação! / Ele é meu Deus e o louvarei, Deus de meu pai e o honrarei. – R.

2. O Senhor é um Deus guerreiro, o seu nome é “onipotente”: os soldados e os carros do faraó jogou no mar. / Seus melhores capitães afogou no mar Vermelho. – R.

3. Afundaram como pedras e as ondas os cobriram. Ó Senhor, o vosso braço é duma força insuperável! / Ó Senhor, o vosso braço esmigalhou os inimigos! – R.

Evangelho: Mateus 12,38-42

Aleluia, aleluia, aleluia.

Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: / Não fecheis os corações como em Meriba! (Sl 94,8) – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, 38alguns mestres da Lei e fariseus disseram a Jesus: “Mestre, queremos ver um sinal realizado por ti”. 39Jesus respondeu-lhes: “Uma geração má e adúltera busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal do profeta Jonas. 40Com efeito, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim também o Filho do Homem estará três dias e três noites no seio da terra. 41No dia do juízo, os habitantes de Nínive se levantarão contra essa geração e a condenarão, porque se converteram diante da pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas. 42No dia do juízo, a rainha do Sul se levantará contra essa geração e a condenará, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão, e aqui está quem é maior do que Salomão”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Alguns doutores da Lei e fariseus pedem a Jesus um sinal que dê credibilidade à sua missão. Na verdade, Jesus havia realizado publicamente numerosos prodígios pelo poder do Espírito Santo. Mas esses líderes permaneceram fechados e, por vezes, perigosos em relação ao Mestre. Em sua resposta, ele evoca a figura de Jonas que vive uma experiência de morte, vida e anúncio de salvação aos ninivitas. Como critério habitual para obter a fé, Jesus propõe não os milagres, mas a aceitação de sua morte e ressurreição. A morte de Cristo completada por seu sepultamento será, portanto, o sinal messiânico por excelência. A fé nos coloca em contato com o Deus que sofreu por nós e que hoje vive, e não apenas com um Deus que teve poder e fez milagres.

Oração
Ó Mestre, “esta geração” tem o privilégio de te ouvir e acolher, mas te ignora. Deverão prestar contas de suas atitudes no dia do julgamento. Melhor é a situação dos ninivitas, que se converteram com a pregação de Jonas, e da rainha do sul, que escutou a sabedoria de Salomão. Amém.

(Dia a dia com o Evangelho 2021 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp e Pe. Nilo Luza, ssp)


Liturgia Diária

É um subsídio mensal que contempla toda a caminhada litúrgica de cada mês. Apresenta ao leitor algumas opções de orações eucarísticas, um breve comentário dos santos e das leituras de cada dia, uma variada opção de cantos, além de trazer, a cada domingo, uma opção de círculo bíblico.

Assinar