19 – QUINTA-FEIRA | Paulus Editora

Liturgia Diária
19 – QUINTA-FEIRA

Indicar a um amigo:





5ª SEMANA DA PÁSCOA

(branco – ofício do dia)

Cantemos ao Senhor: ele se cobriu de glória. O Senhor é a minha força e o meu cântico: foi para mim a salvação, aleluia! (Ex 15,1s)

O Espírito Santo não é propriedade de nenhum grupo. De fato, “desde o começo, Deus se dignou tomar homens das nações pagãs para formar um povo dedicado ao seu nome”. Guardemos os mandamentos do Pai e fiquemos atentos aos impulsos do Espírito.

Primeira Leitura: Atos 15,7-21

Leitura dos Atos dos Apóstolos – Naqueles dias, 7depois de longa discussão, Pedro levantou-se e falou aos apóstolos e anciãos: “Irmãos, vós sabeis que, desde os primeiros dias, Deus me escolheu do vosso meio para que os pagãos ouvissem de minha boca a palavra do Evangelho e acreditassem. 8Ora, Deus, que conhece os corações, testemunhou a favor deles, dando-lhes o Espírito Santo como o deu a nós. 9E não fez nenhuma distinção entre nós e eles, purificando o coração deles mediante a fé. 10Então, por que vós agora colocais Deus à prova, querendo impor aos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós mesmos tivemos força para suportar? 11Ao contrário, é pela graça do Senhor Jesus que acreditamos ser salvos, exatamente como eles”. 12Houve então um grande silêncio em toda a assembleia. Depois disso, ouviram Barnabé e Paulo contar todos os sinais e prodígios que Deus havia realizado, por meio deles, entre os pagãos. 13Quando Barnabé e Paulo terminaram de falar, Tiago tomou a palavra e disse: “Irmãos, ouvi-me: 14Simão acaba de nos lembrar como, desde o começo, Deus se dignou tomar homens das nações pagãs para formar um povo dedicado ao seu nome. 15Isso concorda com as palavras dos profetas, pois está escrito: 16‘Depois disso, eu voltarei e reconstruirei a tenda de Davi que havia caído; reconstruirei as ruínas que ficaram e a reerguerei, 17a fim de que o resto dos homens procure o Senhor com todas as nações que foram consagradas ao meu nome. É o que diz o Senhor, que fez essas coisas, 18conhecidas há muito tempo’. 19Por isso, sou do parecer que devemos parar de importunar os pagãos que se convertem a Deus. 20Vamos somente prescrever que eles evitem o que está contaminado pelos ídolos, as uniões ilegítimas, comer carne de animal sufocado e o uso do sangue. 21Com efeito, desde os tempos antigos, em cada cidade Moisés tem os seus pregadores, que o leem todos os sábados nas sinagogas”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 95(96)

Anunciai as maravilhas do Senhor / entre todas as nações.

1. Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! / Cantai e bendizei seu santo nome! – R.

2. Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações / e entre os povos do universo seus prodígios! – R.

3. Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” Ele firmou o universo inabalável, / pois os povos ele julga com justiça. – R.

Evangelho: João 15,9-11

Aleluia, aleluia, aleluia.

Minhas ovelhas escutam minha voz, / minha voz estão elas a escutar; / eu conheço, então, minhas ovelhas, / que me seguem, comigo a caminhar (Jo 10,27). – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João – Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 9“Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor. 10Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. 11Eu vos disse isso para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

O seguimento de Jesus também compreende alegria. Essa alegria, porém, não é a alegria do mundo. É uma alegria que está intimamente ligada ao serviço e à adesão ao projeto de Jesus. E o projeto de Jesus está fundamentado no amor. Esse amor que também não é o amor que o mundo oferece, mas o amor que faz com que se mantenham unidos Jesus e o Pai. Esse amor, embora muito falado, deve ser experimentado na vida que acontece a cada dia. Não se trata de algo mágico, mas de um compromisso que implica a existência do ser humano de forma inteira. Imbuídos por esse amor, nos tornaremos mais sensíveis às diversas realidades que nos cercam, principalmente as mais carentes e difíceis, pois para nós será imperativo dissipar as trevas e lançar luz sobre aquilo que se encontra na escuridão. Jesus fala sobre uma alegria completa que é possível encontrar quando vivemos nossa verdadeira vocação.

(Dia a dia com o Evangelho 2022)


Liturgia Diária

É um subsídio mensal que contempla toda a caminhada litúrgica de cada mês. Apresenta ao leitor algumas opções de orações eucarísticas, um breve comentário dos santos e das leituras de cada dia, uma variada opção de cantos, além de trazer, a cada domingo, uma opção de círculo bíblico.

Assinar