DIA 13 – SEGUNDA-FEIRA | Paulus Editora

Liturgia diária das horas
DIA 13 – SEGUNDA-FEIRA

Indicar a um amigo:





São João Crisóstomo, bispo e doutor da Igreja

LAUDES (Manhã)

1. Hino

“Boca de Ouro”, dos teus lábios fluem / as torrentes que os vícios eliminam, / rico e nobre verberam, e a todo o povo / as verdades ensinam.

Egrégio arauto, êmulo de Paulo, / que por amor a todos se fez tudo, / espelho de virtudes, resplandeces, / jamais calado e mudo.

Nem mesmo o imperador pode dobrar-te: / iras não temes nem desejas glória; / ganhas no exílio a púrpura de mártir, / a palma da vitória.

Na terra o sacerdócio engrandeceste, / este poder que aos anjos não foi dado: / eis-te agora nos céus, no meio deles, / e por eles louvado.

Venham em nosso auxílio as tuas preces, / e que ao Reino do céu chegar possamos, / enquanto unindo à tua as nossas vozes, / ao Deus trino louvamos.

2. Salmo 89(90) - O esplendor do Senhor esteja sobre nós

Ant. 1. Saciai-nos de manhã com vosso amor!

Vós fostes um regio para nós, * / ó Senhor, de geração em geração. / = Já bem antes que as montanhas fossem feitas † / ou a terra e o mundo se formassem, * / desde sempre e para sempre vós sois Deus.

Vós fazeis voltar ao pó todo mortal, * / quando dizeis: “Voltai ao pó, filhos de Adão!” / – Pois mil anos para vós são como ontem, * / qual vilia de uma noite que passou.

Eles passam como o sono da manhã, * / são iguais à erva verde pelos campos: / – De manhã ela floresce vicejante, * / mas à tarde é cortada e logo seca.

Por vossa ira perecemos realmente, * / vosso furor nos apavora e faz tremer; / – pusestes nossa culpa à nossa frente, * / nossos segredos ao clarão de vossa face.

Em vossa ira se consomem nossos dias, * / como um sopro se acabam nossos anos. / – Pode durar setenta anos nossa vida, * / os mais fortes talvez cheguem a oitenta; / – a maior parte é ilusão e sofrimento: * / passam depressa e também nós assim passamos.

Quem avalia o poder de vossa ira, * / o respeito e o temor que mereceis? / – Ensinai-nos a contar os nossos dias, * / e dai ao nosso coração sabedoria!

Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis? * / Tende piedade e compaixão de vossos servos! / – Saciai-nos de manhã com vosso amor, * / e exultaremos de alegria todo o dia!

Alegrai-nos pelos dias que sofremos, * / pelos anos que passamos na desgraça! / – Manifestai a vossa obra a vossos servos, * / e a seus filhos revelai a vossa glória!

Que a bondade do Senhor e nosso Deus * / repouse sobre nós e nos conduza! / – Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho, * / fazei dar frutos o labor de nossas mãos!

Glória. Ant. 1. Saciai-nos de manhã com vosso amor!

3. Cântico Is 42,10-16 - Hino ao Deus vencedor e salvador

Ant. 2. Louvores ao Senhor dos confins de toda a terra!

Cantai ao Senhor Deus um canto novo, * / louvor a ele dos confins de toda a terra!

Louve ao Senhor o oceano e o que há nele, * / louvem as ilhas com os homens que as habitam! / – Ergam um canto os desertos e as cidades, * / e as tendas de Cedar louvem a Deus!

Habitantes dos rochedos, aclamai; * / dos altos montes sobem gritos de alegria! / – Todos eles deem glória ao Senhor, * / e nas ilhas se proclame o seu louvor!

Eis o Senhor como herói que vai chegando, * / como guerreiro com vontade de lutar; / – solta seu grito de batalha aterrador * / como valente que enfrenta os inimigos.

“Por muito tempo me calei, guardei silêncio, * / fiquei calado e, paciente, me contive; / – mas grito agora qual mulher que está em parto, * / ofegante e sem alento em meio às dores.

As montanhas e as colinas destruirei, * / farei secar toda a verdura que as reveste; / – mudarei em terra seca os rios todos, * / farei secar todos os lagos e açudes.

Conduzirei, então, os cegos pela mão * / e os levarei por um caminho nunca visto; / – hei de guiá-los por atalhos e veredas * / até então desconhecidos para eles.

Diante deles mudarei em luz as trevas, * / farei planos os caminhos tortuosos. / – Tudo isso hei de fazer em seu favor, * / e jamais eu haverei de abandoná-los!”

Glória. Ant. 2. Louvores ao Senhor dos confins de toda a terra!

4. Salmo 134(135),1-12 - Louvor ao Senhor por suas maravilhas

Ant. 3. Louvai o Senhor, bendizei-o, vós que estais junto aos átrios de Deus!

Louvai o Senhor, bendizei-o; * / louvai o Senhor, servos seus, / – que celebrais o louvor em seu templo * / e habitais junto aos átrios de Deus!

Louvai o Senhor, porque é bom; * / cantai ao seu nome suave! / – Escolheu para si a Jacó, * / preferiu Israel por herança.

Eu bem sei que o Senhor é tão grande, * / que é maior do que todos os deuses. / = Ele faz tudo quanto lhe agrada, † / nas alturas dos céus e na terra, * / no oceano e nos fundos abismos.

= Traz as nuvens do extremo da terra, / transforma os raios em chuva, * / das cavernas libera os ventos.

No Egito feriu primogênitos, * / desde homens até animais. / – Fez milagres, prodígios, portentos, * / perante Faraó e seus servos. / – Abateu numerosas nações * / e matou muitos reis poderosos:

= a Seon que foi rei amorreu, † / e a Og que foi rei de Basã, * / como a todos os reis cananeus. / – Ele deu sua terra em herança, * / em herança a seu povo, Israel.

Glória. Ant. 3. Louvai o Senhor, bendizei-o, vós que estais junto aos átrios de Deus!

5. Leitura breve Jt 8,25-26a.27

Demos graças ao Senhor nosso Deus, que nos submete a provações, como fez com nossos pais. Lembrai-vos de tudo o que Deus fez a Abraão, e como provou Isaac, e tudo o que aconteceu a Jacó. Assim como os provou pelo fogo, para lhes experimentar o coração, assim também ele não se está vingando de nós. É antes para advertência que o Senhor açoita os que dele se aproximam.

6. Responsório breve

R. Ó justos, alegrai-vos no Senhor! * Aos retos fica bem glorificá-lo. R. Ó justos.

V. Cantai para o Senhor um canto novo. * Aos retos. Glória ao Pai. R. Ó justos.

7. Cântico evangélico

Ant. Bendito seja o Senhor Deus, que visitou e libertou a nós que somos o seu povo!

Benedictus – Lc 1,68-79

O Messias e seu Precursor

– Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
porque a seu povo visitou e libertou;
– e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,

– como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos,
– para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.

– Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança
– e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

= a ele nós sirvamos sem temor †
em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.

= Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †
pois irás andando à frente do Senhor *
para aplainar e preparar os seus caminhos,

– anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados,

– pela bondade e compaixão de nosso Deus, *
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

– para iluminar a quantos jazem entre as trevas *
e na sombra da morte estão sentados
– e para dirigir os nossos passos, *
guiando-os no caminho da paz.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Bendito seja o Senhor Deus, que visitou e libertou a nós que somos o seu povo!

8. Preces

Oremos a Cristo, que ouve e salva os que nele esperam; e o aclamemos:

R. Nós vos louvamos, Senhor, e em vós esperamos!

NÓS vos damos graças, Senhor, que sois rico em misericórdia, pela imensa caridade com que nos amastes. – R.

VÓS, que estais sempre agindo no mundo em união com o Pai, renovai todas as coisas pelo poder do Espírito Santo. – R.

ABRI os nossos olhos e os de nossos irmãos e irmãs, para que contemplemos hoje as vossas maravilhas. – R.

VÓS, que neste dia nos chamais para o vosso serviço, tornai-nos fiéis servidores da vossa graça em favor de nossos irmãos e irmãs. – R.

(intenções livres)
9. Pai nosso...
10. Oração

Ó Deus, força dos que em vós esperam, que fizestes brilhar na vossa Igreja o bispo São João Crisóstomo por admirável eloquência e grande coragem nas provações, dai-nos seguir os seus ensinamentos, e robustecer-nos com sua invencível fortaleza. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Liturgia Diária das Horas

Esse subsídio oferece a todas as pessoas a oportunidade de participar dos principais momentos de oração da Igreja: Laudes (manhã), Vésperas (tarde) e Completas (noite). Com esse periódico é também possível recitar diariamente os Hinos, Salmos, Cânticos, Leituras, Preces e Orações, louvando e meditando a Palavra de Deus em união com milhões de cristãos em todo o mundo.

Assinar