Liturgia diária das horas
DIA 12 – QUINTA-FEIRA

Indicar a um amigo:





LAUDES (Manhã)

1. Hino

Já o dia nasceu novamente. / Supliquemos, orando, ao Senhor / que nos guarde do mal neste dia / e por atos vivamos o amor.

Ponha freios à língua e a modere, / da discórdia evitando a paixão; / que nos vele o olhar e o defenda / da vaidade e de toda a ilusão.

Sejam puros os seres no íntimo, / dominando os instintos do mal. / Evitemos do orgulho o veneno, / moderando o impulso carnal.

Para que, no final deste dia, / quando a noite, em seu curso, voltar, / abstinentes e puros, possamos / sua glória e louvores cantar.

Glória ao Pai, ao seu Unigênito / e ao Espírito Santo também. / Suba aos Três o louvor do universo / hoje e sempre, nos séculos. Amém.

2. Salmo 79(80) – Visitai, Senhor, a vossa vinha

Ant. 1. Despertai vosso poder, ó nosso Deus, e vinde logo nos trazer a salvação!

– Ó Pastor de Israel, prestai ouvidos. * / Vós, que a Jo apascentais qual um rebanho! / = Vós, que sobre os querubins vos assentais, † / aparecei cheio de glória e esplendor * / ante Efraim e Benjamim e Manassés! / – Despertai vosso poder, ó nosso Deus, * / e vinde logo nos trazer a salvação!

= Convertei-nos, ó Senhor Deus do universo, † / e sobre nós iluminai a vossa face! * / Se voltardes para nós, seremos salvos!

– Até quando, ó Senhor, vos irritais, * / apesar da oração do vosso povo? / – Vós nos destes a comer o pão das lágrimas, * / e a beber destes um pranto copioso. / – Para os vizinhos somos causa de contenda, * / de zombaria para os nossos inimigos.

= Convertei-nos, ó Senhor Deus do universo, † / e sobre nós iluminai a vossa face! * / Se voltardes para nós, seremos salvos!

– Arrancastes do Egito esta videira * / e expulsastes as nações para plantá-la; / – diante dela preparastes o terreno, * / lançou raízes e encheu a terra inteira.

– Os montes recobriu com sua sombra, * / e os cedros do Senhor com os seus ramos; / – até o mar se estenderam seus sarmentos, * / até o rio os seus rebentos se espalharam.

– Por que razão vós destruístes sua cerca, * / para que todos os passantes a vindimem, / – o javali da mata virgem a devaste, * / e os animais do descampado nela pastem?

= Voltai-vos para nós, Deus do universo! † / Olhai dos altos céus e observai. * / Visitai a vossa vinha e protegei-a!

– Foi a vossa mão direita que a plantou; * / protegei-a, e ao rebento que firmastes! / – E aqueles que a cortaram e a queimaram, * / vão perecer ante o furor de vossa face.

– Pousai a mão por sobre o vosso Protegido, * / o filho do homem que escolhestes para vós! / – E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus! * / Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome!

= Convertei-nos, ó Senhor Deus do universo, † / e sobre nós iluminai a vossa face! * / Se voltardes para nós, seremos salvos!

Glória. Ant. 1. Despertai vosso poder, ó nosso Deus, e vinde logo nos trazer a salvação!

3. Cântico Is 12,1-6 – Exultação do povo redimido

Ant. 2. Publicai em toda a terra as maravilhas do Senhor!

– Dou-vos graças, ó Senhor, porque, estando irritado, * / acalmou-se a vossa ira e enfim me consolastes. / – Eis o Deus, meu Salvador, eu confio e nada temo; * / o Senhor é minha força, meu louvor e salvação.

– Com alegria bebereis no manancial da salvação, * / e direis naquele dia: “Dai louvores ao Senhor, / – invocai seu santo nome, anunciai suas maravilhas, * / entre os povos proclamai que seu nome é o mais sublime.

– Louvai cantando ao nosso Deus, que fez progios e portentos, * / publicai em toda a terra suas grandes maravilhas! / – Exultai cantando alegres, habitantes de Sião, * / porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!”

Glória. Ant. 2. Publicai em toda a terra as maravilhas do Senhor!

4. Salmo 80(81) – Solene renovação da Aliança

Ant. 3. Exultai no Senhor, nossa força! †

– Exultai no Senhor, nossa força, * / † e ao Deus de Jacó aclamai! / – Cantai salmos, tocai tamborim, * / harpa e lira suaves tocai! / – Na lua nova soai a trombeta, * / na lua cheia, na festa solene!

– Porque isto é costume em Jacó, * / um preceito do Deus de Israel; / – uma lei que foi dada a José, * / quando o povo saiu do Egito.

= Eis que ouço uma voz que não conheço: † / “Aliviei as tuas costas de seu fardo, * / cestos pesados eu tirei de tuas mãos. / = Na angústia a mim clamaste, e te salvei, † / de uma nuvem trovejante te falei, * / e junto às águas de Meriba te provei.

– Ouve, meu povo, porque vou te advertir! * / Israel, ah! se quisesses me escutar: / – Em teu meio não exista um deus estranho * / nem adores a um deus desconhecido!

= Porque eu sou o teu Deus e teu Senhor, † / que da terra do Egito te arranquei. * / Abre bem a tua boca e eu te sacio!

– Mas meu povo não ouviu a minha voz, * / Israel não quis saber de obedecer-me. / – Deixei, então, que eles seguissem seus caprichos, * / abandonei-os ao seu duro coração.

– Quem me dera que meu povo me escutasse! * / Que Israel andasse sempre em meus caminhos! / – Seus inimigos, sem demora, humilharia * / e voltaria minha mão contra o opressor.

– Os que odeiam o Senhor o adulariam, * / seria este seu destino para sempre; / – eu lhe daria de comer a flor do trigo, * / e com o mel que sai da rocha o fartaria”.

Glória. Ant. 3. Exultai no Senhor, nossa força! †

5. Leitura breve Rm 14,17-19

O Reino de Deus não é comida nem bebida, mas é justiça e paz e alegria no Espírito Santo. É servindo a Cristo, dessa maneira, que seremos agradáveis a Deus e teremos a aprovação dos homens. Portanto, busquemos tenazmente tudo o que contribui para a paz e a edificação de uns pelos outros.

6. Responsório breve

R. Penso em vós no meu leito, de noite, * Nas vigílias, suspiro por vós. R. Penso em vós.

V. Para mim fostes sempre um socorro! * Nas vigílias. Glória ao Pai. R. Penso em vós.

7. Cântico evangélico

Ant. Anunciai ao vosso povo a salvação e perdoai-nos, ó Senhor, nossos pecados!

Benedictus – Lc 1,68-79

O Messias e seu Precursor

– Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
porque a seu povo visitou e libertou;
– e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,

– como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos,
– para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.

– Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança
– e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

= a ele nós sirvamos sem temor †
em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.

= Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †
pois irás andando à frente do Senhor *
para aplainar e preparar os seus caminhos,

– anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados,

– pela bondade e compaixão de nosso Deus, *
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

– para iluminar a quantos jazem entre as trevas *
e na sombra da morte estão sentados
– e para dirigir os nossos passos, *
guiando-os no caminho da paz.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Anunciai ao vosso povo a salvação e perdoai-nos, ó Senhor, nossos pecados!

8. Preces

Bendigamos a Deus, nosso Pai, que protege os seus filhos e filhas e não despreza as suas súplicas; e peçamos-lhe humildemente:

R. Iluminai, Senhor, os nossos caminhos!

NÓS vos damos graças, Senhor, porque nos iluminastes por meio de vosso Filho Jesus Cristo; concedei-nos a sua luz ao longo de todo este dia. – R.

QUE a vossa Sabedoria hoje nos conduza, para que andemos sempre pelos caminhos de uma vida nova. – R.

AJUDAI-NOS a suportar com paciência as dificuldades por amor de vós, a fim de vos servirmos cada vez melhor na generosidade de coração. – R.

DIRIGI e santificai nossos pensamentos, palavras e ações deste dia, e dai-nos um espírito dócil às vossas inspirações. – R.

(intenções livres)
9. Pai nosso...
10. Oração

Senhor, luz verdadeira e fonte da luz, concedei-nos perseverar na meditação de vossa Palavra e viver iluminados pelo esplendor de vossa verdade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Liturgia Diária das Horas

Esse subsídio oferece a todas as pessoas a oportunidade de participar dos principais momentos de oração da Igreja: Laudes (manhã), Vésperas (tarde) e Completas (noite). Com esse periódico é também possível recitar diariamente os Hinos, Salmos, Cânticos, Leituras, Preces e Orações, louvando e meditando a Palavra de Deus em união com milhões de cristãos em todo o mundo.

Assinar