Notícias

08/08/2018

Celebração marca reinauguração da PAULUS Livraria de Campinas

Por Imprensa

Indicar a um amigo:





Em clima festivo, na tarde de segunda-feira (6), ocorreu oficialmente a reinauguração da PAULUS Livraria de Campinas. Com cobertura da Rádio Brasil Campinas, a celebração reuniu padres, irmãos e seminaristas paulinos, padres da Arquidiocese de Campinas e dioceses vizinhas, religiosas, familiares, autoridades municipais, colaboradores, fornecedores, representantes de outras religiões, membros da reitoria da PUCCAMP e diversos amigos que participaram desta história de sucesso de quase 35 anos.

Fundada em setembro de 1983, a livraria de Campinas se tornou, ao longo dos anos, referência nos serviços prestados a toda a comunidade. De acordo com o gerente Rafaeli Cassul Fernandes, o prédio passou por um longo período de reformas para remodelar e inaugurar um novo conceito de loja, com espaço amplo e moderno.

 

O momento foi marcado pela presença do arcebispo emérito de Campinas, Dom Gilberto Pereira Lopes, responsável por acolher a Congregação Paulina no município e abençoar o espaço em sua abertura no início da década de 1980.

Após mais de três décadas, Dom Gilberto, hoje com 95 anos, conduziu com alegria o rito de bênção. Durante o momento de partilha, o arcebispo afirmou estar feliz de participar novamente de um momento importante para os paulinos, além de poder reencontrar velhos amigos.

A irmã Zilda Maria, frequentadora da livraria há mais de 20 anos, afirma que a PAULUS tem grande significado para a cidade de Campinas. “A livraria oferece um conteúdo que não se encontra em qualquer lugar. Quando estamos estudando filosofia ou teologia, onde vamos buscar (material de qualidade)? Na PAULUS! Então, ela se torna referência”, declara.

Segundo Irmã Zilda, a livraria é responsável por ajudar as pessoas a ampliar horizontes, por meio dos livros e formações oferecidas. Além disso, ela ressalta o atendimento dos funcionários, que sempre recebem a todos com muita alegria, fazendo a diferença.

Já o Pe. Leonardo Henrique, pároco da Igreja de São Miguel Arcanjo, no bairro do Sumaré, frequenta a livraria desde criança. “Minha mãe sempre frequentou essa livraria e costumava falar da importância da leitura. Campinas tem o privilégio de contar com a presença de uma livraria que não só nos oferece uma boa cultura católica, mas também outras possibilidades”, diz ele.

De acordo com Pe. Leonardo, a história de evangelização da PAULUS dentro da Arquidiocese de Campinas não se resume a um comércio de livros: ela é um lugar onde os clientes podem mergulhar num processo de descoberta de Deus em suas vidas. “Eu costumo dizer aos meus paroquianos que ler não só serve só para saber o que tem no livro, mas para que, a partir da leitura, você descubra novos horizontes. Por isso, acredito que o papel da livraria em Campinas é levar a toda a Arquidiocese a cultura religiosa, além de promover inovação e novas propostas”, declara.

*Fotos de Thiago Fonseca