Cursos
Cursos realizados

São Paulo/SP | Convivência e Fortalecimento de Vínculos Hoje: Do Território ao mundo virtual

1. Apresentação:
Contextualização do SUAS e dos Serviços Socioassistenciais; Concepção de convivência e Vínculos no SUAS; Territórios locais e virtuais como espaços de convivência; Redes sociais, conexões diretas e gestão de contatos; Acessibilidade no espaço virtual; Segurança no espaço virtual Proteção à identidade, ciberbulling, privacidade, Fake News etc.; Protagonismo coletivo no espaço virtual; Planejamento, monitoramento e avaliação da convivência familiar e comunitária no território e no mundo virtual.

2. Objetivos:
Gerais: Subsidiar os participantes para o aprimoramento dos serviços socioassistenciais pela abordagem integrada entre a convivência no território e no mundo virtual.
Específicos:
• Aprofundar a compreensão da convivência social e da territórialidade no âmbito do SUAS;
• Conhecer e exercitar as principais ferramentas de convivência social em espaços virtuais;
• Construir propostas para a abordagem crítica do uso de redes sociais e demais ferramentas virtuais de convivência.

3. Público-alvo:
• Técnicos, Gestores do SUAS e demais integrantes de entidades socioassistenciais;
• Usuários, estudantes e demais trabalhadores de carreiras vinculadas à assistência social.

4. Conteúdo programático:

Dias de curso: 01, 08, 15, 22, 29/3 e banca de apresentação dos artigos em 26/4
• Localização político-institucional do SUAS e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos;
• Concepção de Convivência e Territórios: espaços e relacionamentos;
• Espaço virtual e a convivência social: Ferramentas e modalidades – Redes Sociais, Podcast, Blog, Wlog, Games, Second Life, etc.
• Conexões diretas e gestão de contatos: autonomia e dependência informacional;
• Acessibilidade no espaço virtual: enfrentamento às barreiras e a tecnologia assistida;
• Segurança no espaço virtual: Proteção à identidade, ciberbulling, privacidade, Fake News, cyber haters, anonymous, etc.
• Reinventando a territorialidade: o protagonismo coletivo no espaço virtual;
• Planejamento, monitoramento e avaliação da convivência familiar e comunitária no território e no mundo virtual.
• Trabalho de campo e produção textual de um artigo em grupo.

5. Metodologia:
O curso será organizado através de exposições dialogadas e oficinas de trabalho em grupo, partindo da experiência dos integrantes da turma e problematizando-as à luz das bases conceituais e normativas atuais. Serão constituídos grupos entre os participantes para exercício de observação em campo e produção de uma artigo relacionado ao tema.

6 – Bibliografia:

BRASIL, Lei Federal Nº 8.742/1993, Lei Orgânica de Assistência Social – LOAS com alterações pela Lei 12.435/2011. Brasília, 2011.

_____, Lei Federal 13.146/2015. Lei Brasileira da Inclusão – Estatuto da Pessoa com Deficiência. Brasília, 2015.

_____, RESOLUÇÃO CNAS Nº 109/2009 – Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais. Brasília, 2009.

_______, Resolução CNAS nº34/2011. Define a Habilitação e Reabilitação da pessoa com deficiência e a promoção de sua integração à vida comunitária no SUAS, Brasília, 2011.

______, RESOLUÇÃO CNAS Nº 004/2013 – Política Nacional de Educação Permanente do SUAS, Brasília, 2013.

Backes, Luciana e SCHLEMMER, Eliane; A Configuração do Espaço Digital Virtual de Convivência na Formação do Educador em Mundos Virtuais. Relatório de Pesquisa, UNISINOS, Porto Alegre, 2008.

Backes, Luciana, A Configuração do Espaço de Convivência Digital Virtual: A Cultura Emergente no Processo de Formação do Educador, Tese de Doutorado, UNISINOS, Porto Alegre – RS, 2011.

De PAULA, Renato F. dos S, Reflexões acerca dos Processo de Trabalho no SUAS: Entre a (in)Visibilidade e o Protagonismo. in Gestão do Trabalho e Educação Permanente do SUAS, Brasília: MDS, 2014.

MORAES, Célio V. Educação em Direitos Humanos na Assistência Social, in PINI, Francisca R. e MORAES, Célio V. (org), Educação, Participação Política e Direitos Humanos, IPF, São Paulo, 2011;

 

 

Sites e artigos em publicação virtual:

http://www.culturaemercado.com.br/site/pontos-de-vista/convivencia-no-espaco-virtual/

http://www.repositorio.jesuita.org.br/handle/UNISINOS/3878?locale-attribute=es

http://www.escolamobile.com.br/conviver-na-web

https://blogs.ne10.uol.com.br/jamildo/2009/03/16/valores-morais-no-ciberespaco-e-a-convivencia-online/

Informações Úteis

Investimento

Gratuito

Data

Sexta-feira

Duração

01/03/2019 à 26/04/2019

Horário

Das 08h30 às 17h30

Carga Horária

60 horas (05 encontros de 08 horas + 16 horas acompanhamento remoto + 04 horas de banca)

Vagas

Inscrições encerradas

Local

Faculdade PAULUS de Comunicação - FAPCOM - Rua Major Maragliano, 191 - Vila Mariana - São Paulo/SP | Sala Home - Andar 3

Professores

Célio Vanderlei Moraes

Psicólogo (CRP 12/765) e mestre em Sociologia Política pela UFSC. Foi Coordenador Nacional do Centro de Formação de Educadores do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua. Foi Conselheiro Municipal e Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescentes e Nacional da Assistência Social. Foi Consultor do MDS e a Atualmente assessora o Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS, é educador do Instituto Paulo Freire – SP, atua em projetos nacionais da Pia Sociedade de São Paulo – PAULUS e é membro curador do Portal Social Soluções.

Inscrições encerradas.