24 DE MAIO DE 2018

Inscrições gratuitas de 16 de abril a 20 de maio.
Vagas limitadas!

Mais informações: (11) 5087-3630 | eventos@paulus.com.br

CREDENCIAMENTO DAS 7H ÀS 8H

8H30 ÀS 10H00

A literatura como ferramenta de leitura do mundo – Uma abordagem crítica aos contos de fadas
Marina Colasanti

Apesar do tanto que já se disse sobre o tema, um equívoco básico se mantém. Fora da área profissional, as pessoas costumam pensar que os contos de fadas são narrativas bobinhas, contextualizadas para crianças. “Basta ver a frequência com que são reescritos, parodiados, ‘atualizados’, como se a versão primeira fosse insuficiente para a modernidade”, comenta a palestrante Marina Colasanti. “É exatamente o contrário. É como se cada conto contivesse diversos nichos de interesse, capazes de abrigar diferentes idades.”

Os elementos que definem a construção do gênero são tão intensos que, ao longo dos anos, se fortalecem cada vez mais. “Essas narrativas vivem e se transmitem graças à densidade de seu conteúdo. Não foi à toa que foram tão importantes para Freud e Jung, por exemplo”, argumenta. “Os contos de fadas mantêm sua vitalidade intacta ao longo do tempo, porque falam da alma e do comportamento humano.”

De modo geral, as características comuns a esses contos são sua localização no imaginário, fora do espaço e do tempo real; a riqueza de seu conteúdo; a possibilidade de infinitas leituras e sua adequação para qualquer idade. “Quando pensamos em contos de fadas, nos remetemos, imediatamente, ao repertório clássico, recolhido pelos irmãos Grimm, Calvino ou os de Andersen”, complementa. No entanto, Marina afirma que há muito mais espalhado no tempo, com as mais diversas origens.



COFFE BREAK 10H

Marina Colasanti nasceu em 1937, na cidade de Asmara, na Eritréia, então colônia italiana. Em seguida, foi para a Itália. Em 1948, após a Segunda Guerra Mundial, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro, onde vive até hoje. O olhar sobre os lugares e as questões femininas são temas constantes, sempre bem-vindos em sua obra. Marina é uma das mais premiadas autoras brasileiras: escreveu cerca de quarenta livros, entre infantis e juvenis, contos, novelas e ensaios. Foi cronista e editora de veículos como o Jornal do Brasil e a revista Nova, tendo ganhado o Prêmio Abril de Jornalismo três vezes. Também foi premiada como redatora publicitária. Formada em Belas Artes, é ela quem ilustra a maioria dos seus livros. Marina é, ainda, renomada tradutora do inglês, francês e italiano. É autora de dezenas de livros, para todos os públicos, muitos publicados também fora do Brasil. Recebeu inúmeros prêmios, entre eles o Jabuti, que ganhou pelos livros Passagem em trânsito, em 2010, e Breve história de um pequeno amor, em 2014.

WORKSHOPS DAS 10H30 ÀS 12H

É obrigatória a participação na palestra e no workshop de sua preferência para a emissão do certificado.