Cursos
Cursos realizados

São Paulo/SP | O social nos tempos do like: Dezoito conexões transformadoras para quem quer fazer o SUAS acontecer

1 – Apresentação (ementa):
Esta é uma formação planejada para promover reflexões e aprendizados decorrentes das transformações sociais, a partir da era digital. Os debates resultantes de anos de formação e diálogos junto aos usuários, trabalhadores e gestores da Assistência Social foram fundamentais para a definição dos conteúdos aqui denominados por conexões. Tais conexões são elementos identificados como essenciais para a implementação de um novo paradigma orientador das práticas cotidianas, considerando as possibilidades de uma aproximação concreta entre os saberes e experiências vivenciadas no SUAS e as oportunidades disponíveis com a adequação de soluções resultantes da popularização das novas tecnologias. Interação nas redes sociais, acesso a uma infinidade de aplicativos e a popularização de dispositivos móveis são fenômenos que balizaram a definição dessas conexões.
Se a bibliografia sobre o tema nestes termos é ainda insipiente, é fato que as demandas sociais e operativas se apresentam como urgentes para que se possa efetivar um “upgrade” nas estratégias de promoção da cidadania, garantia de direitos e da inclusão social.
Desta forma, o curso foi elaborado, com vistas a oferecer o aprendizado de instrumentos concretos, conectados a conceitos fundamentais para que se possa tratar destes temas sem os vícios e riscos habituais impostos pela lógica do mercado.

2 – Objetivos
Geral:
Apresentar e promover o aprendizado de conceitos e ferramentas identificadas como essenciais para a qualificação da gestão, operacionalização e mobilização política no âmbito do SUAS.

Específicos:
•Estimular o desenvolvimento de uma consciência crítica, frente aos desafios e possibilidades gerados a partir do uso de aplicações e conteúdos criativos e inovadores;
•Problematizar o desenvolvimento de estratégias para promoção do acesso às seguranças afiançadas pelo SUAS, considerando as possibilidades de se desenvolver estímulos para uma conectividade cidadã; e
• Ressignificar o trabalho cotidiano, por meio do estudo de soluções customizadas para melhorar a produtividade e a análise de dados.

3 – Público-alvo:
usuários, trabalhadores e gestores da política pública de Assistência Social e demais interessados na intersecção deste temário.

4 – Metodologia:
Exposição dialógica, leitura de textos, debates de conteúdos áudio visuais, trabalhos em grupo e exercícios práticos com aplicativos e softwares serão atividades integradas e adequadas às necessidades e potencialidades dos alunos. Assim, propõem-se uma metodologia com pilares estruturantes, porém com condições de flexibilidade, respeitando as características individuais e coletivas dos participantes.

5 – Conteúdo programático:
•Convivência On line e off line;
•Produção e consumo de conteúdos de aprendizado e entretenimento;
•Produtividade e conectividade no trabalho social;
•Democracia e ditadura digital;
•Economia do compartilhamento e a ressignificação do “ter”;
•O aprimoramento permanente do aprendizado e ensino colaborativo;
•Cidadania e voluntariado digital;
•Territórios informacionais e acessibilidade líquida;
•Análise e captação de dados e a qualificação das ofertas socioassistenciais;
•Inclusão desruptiva; e
•Futurologia e a luta por novos direitos;

6 – Bibliografia:
BAUMAN, Zygmunt; MAURO, Ezio. Babel: entre a incerteza e a esperança. Tradução de Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Zahar, 2016.

BRASIL. Presidência da República. Lei Orgânica da Assistência Social, Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, publicada no DOU de 8 de dezembro de 1993.

_______ Conselho Nacional de Assistência Social. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Norma Operacional Básica – NOB/SUAS Resolução 33. Secretaria Nacional de Assistência Social. Brasília: 2012.

HUNT, T. O poder das redes sociais: como o fator Whuffie – São Paulo, Ed. Gente, 2010.

HARARI, Yuval Noah. Homo Deus: uma breve história do amanhã. São Paulo: Companhia das Letras, [2016]

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

NEGROPONTE, Nicholas. A vida digital. Tradução: Sérgio Tellaroli. São Paulo : Companhia das Letras, 1995.

SCHMIDT, E. CHEN, J. A nova era digital: como será o futuro das pessoas, das nações e dos negócios. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2013

SILVA, Fernando F. da (org.) TransmuTações no Jornalismo. Coleção Jornalismo Digital e Mobilidades. Campina Grande-PB. 2016

 

DIAS DE CURSO: 6, 13 (metodologia) 20 e 27 de abril, 11, 18 e 25 de maio de 2018.

Banca: 29 de junho

Informações Úteis

Investimento

Gratuito

Data

Sexta-feira

Duração

06/04/2018 à 29/06/2018

Horário

Das 08:00 às 17:00

Carga Horária

70 horas (48 horas presenciais + 10 horas acompanhamento remoto + 4 horas de banca + 8 horas de metodologia)

Vagas (5)

110

Local

FAPCOM - Faculdade PAULUS de Comunicação - Rua Major Maragliano 191 - Vila Mariana - São Paulo/SP

Professores

Carlos Eduardo Ferrari

Mestre em administração pela USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul, pós-graduado em marketing e comunicação persuasiva pela Fundação Cásper Líbero e graduado em administração de empresas pela USCS.
Presidiu o CNAS - Conselho Nacional de Assistência Social (2010-2012), atuou como titular no CNS - Conselho Nacional de Saúde e no CONADE - Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Foi membro da relatoria responsável pela X Conferência Nacional de Assistência Social e atualmente compõe a equipe de especialistas que assessora o CNAS na realização da XI Conferência;
É membro da equipe de formadores e conteudistas do IPF - Instituto Paulo Freire e do Núcleo Paulus de Formação, Pesquisa e Disseminação Social;
É secretário de tecnologia e acesso à informação da ULAC - União Latino-americana de Cegos;
Diretor de comunicação do CRPD - Comitê Brasileiro de Organizações Representativas das Pessoas com Deficiência;
Diretor de articulação e relações institucionais da ONCB - Organização Nacional de Cegos do Brasil;
Secretário executivo do Grupo de Trabalho: Assessoramento, Defesa e Garantia de Direitos no SUAS;
Curador e conteudista do site www.socialsolucoes.com

Inscreva-se